Visitantes do jornal Na Boca do Povo online

30 de dezembro de 2008

Novos deputados serão empossados na segunda-feira (5)

Serão empossados nesta segunda-feira (5/1/09), às 11 horas, em solenidade realizada no Salão Nobre da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, os quatro suplentes que assumem as vagas deixadas pelos parlamentares vitoriosos nas eleições municipais de 2008. Assumem o mandato Carlos Gomes (PT), Maria Tereza Lara (PT), Adelmo Carneiro Leão (PT) e Tenente Lúcio (PDT). Eles substituem, respectivamente, Roberto Carvalho (PT), Luiz Tadeu Leite (PMDB), Elisa Costa (PT) e Paulo Cesar (PDT).
O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), conduzirá a cerimônia; e o 1º-secretário, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), fará a leitura dos termos de posse. Estes documentos serão assinados pelos empossados, que também prestarão o compromisso de cumprir e defender a Constituição e as leis do Estado.
Nas eleições municipais de 2008, a deputada Elisa Costa foi eleita prefeita de Governador Valadares (Rio Doce). O deputado Luiz Tadeu Leite (PMDB) conquistou a prefeitura de Montes Claros, no Norte de Minas, e Roberto Carvalho (PT) elegeu-se vice-prefeito de Belo Horizonte, na chapa de Márcio Lacerda (PSB). Os três parlamentares integravam a coligação "A Força do Povo", que elegeu 18 candidatos a deputados estaduais do PT e do PMDB nas eleições de 2006.
O primeiro, o terceiro e o quarto suplentes da coligação são, respectivamente, Carlos Gomes, Maria Tereza Lara e Adelmo Carneiro Leão. Todos já exerceram mandato na Assembléia. O segundo suplente da mesma coligação, Públio Chaves (PMDB), foi eleito prefeito de Ituiutaba e abriu mão da vaga no Legislativo. O deputado Paulo Cesar, por sua vez, foi eleito prefeito de Nova Serrana (Centro-Oeste).
Carlos Gomes

Nascido na cidade de Jequeri, na Zona da Mata, Carlos Gomes foi deputado estadual na 15ª Legislatura (2003 a 2007), pelo PT, no período entre 4/1/05 a 31/1/07, ocupando vaga aberta pelo afastamento de Chico Simões. É formado em Ciências Contábeis, Administração de Empresas e Ciências Econômicas e especialista em Contabilidade Geral e em Planejamento Estratégico, ambos pela PUC Minas. Foi professor adjunto do Departamento de Ciências Contábeis da PUC. É também especializado em Perícia Criminal Contábil pela Academia Nacional de Polícia do Distrito Federal.

Na Prefeitura de Belo Horizonte, foi secretário municipal de Governo, secretário adjunto de Governo e diretor financeiro da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), em administrações passadas. Antes de seu retorno à Assembléia, ocupava o cargo de vice-presidente de Gestão de Pessoas da Caixa Econômica Federal.

Maria Tereza Lara

Pedagoga formada pela UFMG, Maria Tereza Lara possui especialização em Administração Escolar. Até 2008, ocupava cargo de diretora técnico-operacional das Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S/A (Ceasa Minas). Nascida em Esmeraldas, na Região Central do Estado, Maria Tereza foi vereadora na Câmara Municipal de Betim, entre 1993 e 1998. Atuou ainda como secretária municipal de Educação em Betim, entre 1976 e 1981.

Foi deputada estadual por duas legislaturas. Na 14ª Legislatura (1999/2003), atuou em dois períodos: de 3/2/99 a 16/4/2000, ocupando vaga aberta pelo afastamento de Sávio Souza Cruz; e de 17/4/2000 a 18/6/2000, ocupando vaga aberta pelo afastamento de Adelmo Carneiro Leão. Também exerceu mandato na 15ª Legislatura (2003/2007), quando ocupou cargo efetivo.

Adelmo Carneiro Leão

Antes de seu retorno à Assembléia, Adelmo Carneiro Leão ocupava, desde 31 de julho de 2008, o cargo de superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra/MG). Nascido em Itapagipe, no Triângulo Mineiro, foi deputado estadual por quatro legislaturas. Foram elas: a 12ª Legislatura (1991/1995); a 13ª (1995/1999) - no período de 3/1/97 a 31/1/99, ocupando vaga aberta pelo afastamento de Almir Paraca; a 14ª (1999/2003) - tendo se afastado no período de 23/3/2000 a 18/6/2000, quando ocupou cargo de secretário de Estado de Saúde; e a 15ª Legislatura.

É médico e doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP). Licenciou-se como professor da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro em 1991 para assumir a primeira cadeira na Assembléia. De abril a julho de 2008, integrou a Assessoria Especial da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Tenente Lúcio

Sérgio Lúcio de Almeida, ou Tenente Lúcio, é natural de Uberlândia. É formado em Estudos Sociais pela antiga Abracec e foi oficial do Exército Brasileiro no período de janeiro de 1981 a janeiro de 1990, servindo em Jataí (GO) e Uberlândia. Antes de assumir a vaga na Assembléia, era vereador na Câmara Municipal daquela cidade, em seu quarto mandato.

Assumiu seu primeiro mandato como vereador em 1993, sendo reeleito desde então. Licenciou-se em duas ocasiões para exercer a função de secretário municipal de Esportes. Foi vice-presidente da Câmara em 2002. No ano seguinte, foi eleito presidente daquela Casa Legislativa, sendo reeleito em 2004. Na eleição para deputado estadual, em 2006, ele se candidatou pelo PDT e recebeu 34.394 votos, tornando-se o primeiro suplente do partido.

Vale aprova proposta de incorporação da Mineração Onça Puma

A Vale anuncia que a proposta de incorporação, pela Vale, de sua subsidiária integral Mineração Onça Puma S.A. foi aprovada hoje pelos acionistas da Vale reunidos em Assembléia Geral Extraordinária.
Com a incorporação, a Vale assumirá incondicionalmente todos os bens, direitos e obrigações da Mineração Onça Puma S.A. de ordem legal ou convencional, nos termos da legislação vigente. Ao mesmo tempo, mantém os compromissos assumidos com o Governo do Canadá, no contexto do Investment Canada Act, quando da aquisição da Inco Ltd. e que se referem à gestão dos ativos de níquel.

Chuvas causam danos em São Gonçalo


Prefeitura trabalha para conter riscos em áreas afetadas

As chuvas que caíram nos últimos dias em São Gonçalo do Rio Abaixo causaram estragos no município. Entre os prejuízos estão deslizamentos de barrancos, queda de ponte de madeira que dá acesso a comunidade de Machado e a queda de um trecho da escada que liga a Rua Rio Grande do Norte com a Rua Januária, no centro da cidade.
Com relação a escada no centro, fiscais da prefeitura foram averiguar o problema e verificaram a obstrução da rede pluvial que passa sob a escada. Ao abrir a caixa foram encontradas duas latas de concreto que impediam a passagem da água pelos tubos. Por suspeitar de ato de vandalismo, foi solicitado da Polícia Militar um boletim de ocorrência para que o fato seja investigado.
Uma tromba d’água atingiu a região de Bom Sucesso causando danos aos acessos secundários em Cedro, Martins e Machado, onde uma ponte de madeira foi arrastada pela força da água, interditando a passagem de veículos.
Segundo informações da Secretaria de Obras, no Machado foi improvisada uma pasagem para pedestres para que a população não ficasse ilhada e, após o período da chuva será construída uma nova ponte de concreto. Já no centro da cidade, a Prefeitura irá reconstituir a drenagem provisoriamente e fará a reconstituição da escada, também após o período de chuva.
Neste período, a prefeitura tem sido procurada constantemente devido ao deslizamento de barrancos na cidade. Na realização da vistorias foram detectadas quedas de barrancos nos bairros Patrimônio, Vale do Sol e nas comunidades de Mãe D’água e Recreio, colocando algumas casas em risco. O setor de Habitação do município já providenciou a colocação de lonas para prevenir novos deslizamentos e, em alguns casos, alertando aos moradores a não permanecerem nessas residências até que os riscos sejam sanados.

22 de dezembro de 2008

Passagens do trem de passageiros serão reajustadas em 1º de janeiro de 2009

As passagens do trem de passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) serão reajustadas em 1º de janeiro de 2009, conforme autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) por meio da Resolução 2.938, de 28 de outubro de 2008.
Com o aumento, o trajeto BH/Vitória na classe executiva custará R$ 75. Já na classe econômica, o valor das passagens será de R$ 50. E os interessados em viajar de Vitória para BH terão de pagar R$ 70 e R$ 46, respectivamente.
A diferença entre os valores cobrados pela emissão das passagens no Espírito Santo e em Minas Gerais está relacionada ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de cada estado.
O último reajuste foi realizado em dezembro do ano passado. O interessado em obter mais informações pode entrar em contato pelo 08002857000 (ligação gratuita).

21 de dezembro de 2008

Acidente entre duas motocicletas na BR381

Fotos de Douglas dos Santos/Jornal Na Boca do Povo





Um acidente envolvendo duas motocicletas deixou três pessoas feridas na manhã do dia 21 de dezembro, na BR 381.
Por volta das 10h48, próximo a divisa de João Monlevade com São Gonçalo do Rio Abaixo, duas motocicletas, uma 150 Titan Honda vermelha, placa MRK 7348, de Cariacica/ES, e uma Twister 250 amarela, placa MSF 5499 de Vila Velha/ES seguiam sentido a Belo Horizonte, não conseguiram fazer a curva, vindo a se colidir. Segundo informações chovia no momento do acidente.
Devido ao impacto, as vítimas, que ficaram bastante feridas, caíram em uma canaleta, o que não causou a retenção do trânsito.
Agentes do Sevor (Serviço Voluntário de Resgate) compareceram ao local e socorreram as vítimas, que foram encaminhadas ao Hospital Margarida, em João Monlevade.
As duas motocicletas ficaram com a frente totalmente destruídas.

19 de dezembro de 2008

Nozinho é diplomado prefeito de São Gonçalo


O prefeito reeleito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho, seu vice, Edirlei Márcio Moreira Lacerda e os vereadores eleitos em São Gonçalo para o exercício 2009/2012 foram diplomados na noite desta quinta-feira, 18, e serão empossados dia 1º de janeiro. A cerimônia de diplomação foi realizada no cine Vitória em Santa Bárbara, sede da comarca.
A solenidade foi presidida pela juíza da 245ª Zona Eleitoral, Myrna Fabiana Monteiro Souto Brandão, e contou com a presença do promotor eleitoral, Bruno Guerra de Oliveira; do comandante da Polícia Militar de Santa Bárbara, tenente Fabrício Conde Salazar; do delegado da Polícia Civil de Santa Bárbara e Catas Altas, Domiciano Vieira Monteiro de Castro Neto e do chefe do Cartório Eleitoral, Vítor Luís Marques Pessoa.
Vale lembrar que Nozinho foi escolhido, no fim de novembro, para presidir Associação dos Municípios da Micro-região do Médio Piracicaba (Amepi) pelos próximos dois anos.

Vale indica novo diretor-presidente para Vale Inco

A Vale comunica que, por indicação de seu diretor-presidente Roger Agnelli, o Conselho de Administração aprovou Tito Martins como diretor-presidente de sua subsidiária integral Vale Inco Ltd., em substituição a Murilo Ferreira, a partir de janeiro de 2009.
Tito Martins permanecerá na posição de Diretor Executivo de minerais não ferrosos da Vale e será responsável pelas operações, vendas e marketing de níquel, cobre, alumínio e carvão. Martins, que trabalha na Vale desde 1985, atuou anteriormente como Diretor Executivo de Relações Institucionais e Energia e como Presidente da Caemi.

Posses do prefeito Toninho Timbira, vice-prefeito e vereadores marcam primeiro dia do ano de Santa Bárbara

Foto:Prefeito Toninho Timbira de Santa Bárbara

Mais um capítulo da nova história de Santa Bárbara começa a ser escrita a partir do dia 1º de janeiro de 2009. Na data, serão empossados o prefeito Antônio Eduardo Martins (Toninho Timbira), reeleito com quase 65% dos votos na última eleição, o vice-prefeito Flávio Lúcio Vieira (Flávio do PT), e os nove vereadores: Anderson Gomes Pena, Frederico Magalhães Ferreira, Geraldo Magela Ferreira (Geraldo Carrapicho), Geraldo Magela Lopes (Geraldinho do Bar), Itamar Santos Bolão Filho (Bolão), José Leonardo Rezende Fonseca, Juarez Camilo Carlos, Moisés Cardoso Sanches e Ronaldo Gonçalves dos Reis (Ronaldo Veúdo).
Pela programação, a cerimônia começa às 10 horas da manhã, com o empossamento dos nove vereadores no Cine Câmara Espaço Cultural.
Às 18 horas, será realizado o culto de posse no salão nobre da Prefeitura. Às 19 horas, missa na Igreja Matriz Santo Antônio.
A partir das 20 horas, acontece o empossamento do prefeito e do vice-prefeito. A cerimônia também será realizada no Cine Câmara Espaço Cultural.

16 de dezembro de 2008

Escola Integral forma primeiras turmas da educação infantil


A Escola Integral de São Gonçalo do Rio Abaixo formou, na última sexta-feira, 12, as suas primeiras turmas da educação infantil. Foram formados três turmas e um total de 57 alunos que, a partir do próximo ano, passarão a integrar o ensino fundamental.
O prefeito de São Gonçalo, Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho, paraninfo das três turmas enfatizou, em seu pronunciamento, o compromisso com a educação no município. “Quero deixar a minha marca na educação de São Gonçalo”, disse o prefeito.
Além do prefeito Nozinho, estiveram presentes na cerimônia o Vice-prefeito, Edirlei Márcio Moreira Lacerda, a secretária de Educação, Glória de Fátima Pessoa, a direção da escola, pais e convidados.

Formatura das escolas comunidades
No sábado, 13, foi realizada no Centro Cultural a cerimônia de formatura de 23 alunos da comunidade do Recreio. Outros 20 alunos da educação infantil e do quinto ano da Escola Municipal de São José também formaram, no domingo, 14, na própria comunidade.
A formatura de 56 alunos do terceiro ano do ensino médio da Educação de Jovens e Adultos (Eja) será realizada no dia 27 de dezembro.

15 de dezembro de 2008

São Gonçalo recebe iluminação de Natal


Criatividade e bom gosto marcam a iluminação natalina em São Gonçalo do Rio Abaixo. Pisca-piscas, enfeites e presépio decoram o largo da Igreja de Nossa Senhora Rosário e o Centro Cultural da cidade.
Um dos cartões postais do município, a Igreja do Rosário teve sua fachada contornada pelas luzes, assim como todo o entorno da Praça. O adro da igreja foi enfeitado com um presépio em tamanho natural e uma árvore de natal.
Já o Centro Cultural, além de ter sua fachada iluminada, também recebeu três grandes guirlandas. O seu interior também foi decorado com enfeites natalinos.
Os moradores também estão entrando no espírito natalino, construindo presépios e iluminado suas casas.

10 de dezembro de 2008

São Gonçalo disputa final da Taça Monlevade no sábado


A equipe infantil do projeto Bom de Bola, Bom de Escola de São Gonçalo do Rio Abaixo vai disputar a final da 4ª Taça Monlevade de Futebol no próximo sábado, às 9 horas, no Estádio Louis Ensch, contra a equipe do Bairro São João.
O time são-gonçalense vai disputar o título após ter vencido o Comercial de Nova Era por 4 a 1, em 29 de novembro e conheceu seu adversário na finalíssima somente no último domingo, 7, em partida entre a equipe Aimirim, de Barão de Cocais e Bairro São João, decida em disputa de pênaltis.

Realizado domingo, Dia V mobilizou 7,1 mil voluntários e beneficiou 61 mil pessoas no Brasil, África e Peru

Iniciada no ano passado, com ações em Maputo e Tetê, em Moçambique, a experiência internacional do Dia V rendeu frutos. Este ano, o projeto ocorreu nas localidades de Puerto Rico, no Peru, e em Soweto, na África do Sul, além de Moçambique. No Brasil, o Dia V mobilizou 7,1 mil voluntários e beneficiou 61 mil pessoas em Minas Gerais, Rio de Janeiro, Sergipe, Maranhão, Pará e Espírito Santo.
Em Minas Gerais, foram realizadas 159 ações envolvendo cerca de 3.400 voluntários e beneficiando aproximadamente 28 mil pessoas.
Durante todo o dia, foram realizadas campanhas de doação de sangue, oficinas de leitura, palestras sobre educação ambiental, emissão de documentos, arrecadação e distribuição de alimentos, atendimentos de saúde, consultoria jurídica, visitas a asilos e creches, plantio de mudas, cursos de qualificação profissional, palestras e outras ações educativas, culturais e de utilidade pública.
As atividades dos voluntários, porém, começaram antes mesmo do dia oficial das ações. No início da semana passada, o Comitê do Rio mobilizou empregados da sede da Vale, no Rio, para arrecadar donativos às vítimas das enchentes em Santa Catarina. Foram recolhidas garrafas d'água, roupas e caixas com alimentos e produtos de higiene.
Voluntários Vale da África do Sul foram a Soweto, cidade vizinha a Joanesburgo, famosa pelo levante estudantil nos anos 70 contra a política de segregação racial em vigor na época. Ali, atuaram no projeto Sizanani, que abriga mais de 300 crianças órfãs, a maioria delas oriundas de famílias cujos pais foram vítimas da epidemia de AIDS, hoje o maior problema de saúde do país.
O Comitê Voluntários Vale de Joanesburgo mobilizou 38 voluntários, para uma série de atividades com as crianças, como show de marionetes, contação de histórias e muita música. As próprias crianças também atuaram com show de tambores e apresentação de danças típicas do povo Zulu, etnia predominante em Soweto.
O Dia V na África do Sul, que foi no sábado, dia mais adequado para reunir as crianças, teve como objetivo dar início a um trabalho de longo prazo dos Voluntários Vale em apoio ao Sizanani. Eles planejam desenvolver uma campanha de expansão das instalações, com criação de uma biblioteca e melhorias na área de recreação.
No Peru, voluntários da Vale que trabalham no projeto Bayóvar atuaram na escola da localidade de Puerto Rico, próxima ao empreendimento, através de atividades voltadas às crianças da área e da vizinha Playa Blanca. A principal atração foi um show infantil, acompanhado de jogos e dinâmicas. Foram 50 voluntários, que além do show e outras atividades, encarregaram-se de decorar o local e do transporte das crianças de Playa Blanca.
Em Puerto Rico, vivem 1400 pessoas em situação de elevada vulnerabilidade social. Em Playa Blanca moram 50 famílias em pobreza extrema, sem serviços básicos nem escola. A proposta é que este Dia V marque o início de um projeto de caráter permanente, que incluirá atividades esportivas e lúdicas, envolvendo as crianças e seus pais, além de palestras de orientação para pais e mães. Paralelamente, os voluntários querem mobilizar as empresas vizinhas para melhorar a infra-estrutura destinada a atividades de lazer na área
O Programa Voluntários Vale foi criado pela Fundação Vale para estimular e apoiar ações dos empregados da companhia em prol das comunidades próximas das áreas onde atua. Ao longo do ano, 23 redes de voluntariado se desdobram em grupos de ação, realizando diversas ações nas áreas de assistência social, educação, cultura, lazer e preservação ambiental. O Dia V, que ocorre todo primeiro domingo de dezembro, é uma pequena parte de todo este trabalho.
Em 2008, o Dia V comemora sua oitava edição. Ele nasceu em Minas Gerais, por iniciativa da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), com a participação da Vale e de outras grandes empresas no Estado. A partir de 2004, o Dia V foi estendido pela Vale a outros estados. Em 2007, o projeto realizou a sua primeira ação internacional, em Moçambique, na África.

Natal com Todos os Dons terá início no próximo domingo


Telo Borges e Cláudio Venturini abrem a quinta edição do evento

A Prefeitura Municipal inicia, no próximo domingo, dia 14, o “Natal com Todos os Dons”, evento que tem como objetivo criar o clima natalino e vivenciar o espírito do Natal na cidade, através de apresentações culturais.
A festividade visa ainda valorizar a arte e os artistas locais e a confraternização entre as pessoas. Esta é a quinta edição do evento que surgiu da mobilização da comunidade visando a integração cultural na data festiva do Natal.
O Natal com Todos os Dons terá durante duas semanas diversas manifestações culturais entre shows, teatro e exposições. A abertura será realizada no próximo domingo com a apresentação dos músicos Telo Borges e Cláudio Venturini, às 20h30, no auditório do Centro Cultural. O evento será realizado até o dia 30, quando será encerrado com show de J. Mendes e Leovânio.

Telo Borges e Cláudio Venturini
Musicalmente, pode-se considerar esta dupla como filhos diretos do Clube da Esquina.
Telo Borges é autor da música “Vento de Maio”, imortalizada na voz de Elis Regina, e ganhador do Grammy Latino como a melhor canção brasileira de 2003, “Tritesse”, em parceria com Milton Nascimento.
Cláudio Venturini, irmão de Flávio Venturini, é líder fundador do grupo 14 Bis e autor de vários temas de novelas. Tem, ao lado do grupo que lidera, mais de uma dezena de discos gravados e roda o Brasil divulgando o último trabalho da banda, o cd “Outros Planos”, onde o grupo faz um apanhado de toda sua trajetória.

4 de dezembro de 2008

Vale lança programa para desenvolver fornecedores

Inove mostra confiança da empresa no potencial dos mercados locais e oferece linhas de crédito para pequenos e médios parceiros



A Vale está lançando o Inove, programa que tem como objetivo fortalecer o relacionamento da empresa com seus pequenos e médios fornecedores regionais, por meio de capacitação, disponibilização de linhas de crédito e incentivo, tornando-os mais competitivos para atender às múltiplas exigências do mercado.

O Inove conta com a participação de diferentes áreas da empresa e é realizado em parceria com entidades de classe, órgãos de governo, instituições financeiras e de educação. Com esse novo programa, a Vale busca:

· Contribuir com o desenvolvimento sustentável nas áreas em que mantém seus projetos e operações;

· Atuar em conjunto com os Programas de Desenvolvimento de Fornecedores (PDFs) no aprimoramento de competências de gestores, trabalhadores e empresas, a fim de torná-los mais preparados para atender às demandas do mercado;

· Qualificar e fortalecer a base de fornecedores da Vale e garantir o fornecimento de materiais e serviços para toda a cadeia produtiva;

· Estimular a realização de negócios entre os integrantes da cadeia produtiva, promovendo o crescimento das empresas locais, geração de renda e emprego.

Com abrangência nacional, o programa será implantado em todas as regiões onde a Vale está presente, tendo início nos estados do Pará, Maranhão, Minas Gerais e Espírito Santo.

Financiamento

A Vale, em parceria com instituições financeiras, oferecerá linhas de crédito facilitadas, mais ágeis e com taxas competitivas para os fornecedores locais. São elas:

1) Crédito Direto ao Fornecedor (CDF): solução de capital de giro de curto prazo que possibilita aos fornecedores anteciparem suas faturas, já liberadas no sistema da Vale, junto aos bancos conveniados. O financiamento poderá ser de até 100% do valor do crédito relativo à parcela das prestações de serviços ou fornecimento de bens à Vale.

2) Fundo de Financiamento a Pequenos e Médios Fornecedores (FFF): trata-se de linha de financiamento, mantida pela Vale com instituições financeiras, destinada aos pequenos e médios fornecedores participantes dos Programas de Desenvolvimento de Fornecedores (PDFs). O valor do Fundo é de R$ 50 milhões, renováveis, e o limite por operação é de R$ 2 milhões por contrato.

Ações de capacitação e qualificação

As ações de capacitação e qualificação do Inove foram estruturadas com base nas demandas dos projetos e operações da Vale, bem como nos temas estratégicos, mapeados junto aos demais parceiros do programa, com o apoio e orientação da Valer – Educação Vale.

O Inove atuará em parceria com os Programas de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) e entidades de classe, contribuindo com metodologias e tecnologia de educação para capacitação de trabalhadores e empresários. Essas ações estão estruturadas da seguinte forma:

• Atualização: aperfeiçoamento contínuo por meio de seminários técnicos, workshops e eventos com temas relacionados à indústria de mineração, logística, energia e siderurgia;

• Qualificação: soluções educacionais para desenvolver as competências requeridas para a gestão de uma empresa de classe mundial, com a organização de um programa curricular mínimo para formação de trabalhadores da cadeia de suprimentos;

• Sustentação: formação de instrutores e apoio à identificação de recursos visando à expansão e/ou melhorias na infra-estrutura, recursos tecnológicos e acervos bibliográficos das instituições de ensino e centros de formação participantes.

Parceria para a realização de negócios

Além das ações de desenvolvimento e capacitação, da oferta de linhas de crédito e da mobilização da cadeia produtiva, um dos desafios do Inove é estimular a realização de negócios para os fornecedores locais por meio da integração com entidades de classe, órgãos do governo, grandes empresas, instituições financeiras e de ensino. Dessa forma, o Inove vai:

· Disponibilizar, com antecedência, as informações de Projetos de Investimentos e Operações da Vale nos estados de sua atuação, com o objetivo de identificar as oportunidades de negócio
· Estimular a formação de consórcios e alianças entre grandes fornecedores e empresas locais para a participação em processos de contratações
· Analisar os incentivos fiscais, tributários e instalações de empresas, junto com fornecedores regionais, entidades de classe e órgãos do governo
· Incentivar o processo de internacionalização dos fornecedores locais, para atuarem em novos mercados, junto aos projetos da Vale no exterior.

Atuação global, desenvolvimento local

A Vale orienta sua relação com os fornecedores pelo compromisso em disseminar a responsabilidade econômica, social e ambiental na cadeia produtiva. Investir no desenvolvimento dos fornecedores, nas diferentes localidades em que atua, fortalece os laços e motiva a empresa a estabelecer parcerias mais produtivas, que resultam em ganhos para ambas as partes.

Vale premia seus melhores fornecedores

Em processo iniciado no mês de novembro, no Pará, e que se estendeu aos estados de Minas Gerais, Maranhão e Espírito Santo, a Vale está premiando seus melhores fornecedores de materiais e serviços, de acordo com o resultado medido pelo Índice de Desempenho de Fornecedores (IDF). Com cerca de 10 mil empresas fornecedoras cadastradas, a Vale busca fomentar a responsabilidade social na sua cadeia de valor por meio do incentivo ao desenvolvimento de seus parceiros locais.

A premiação aos destaques do ano tem agora sua edição nacional no Rio de Janeiro, no dia 4 de dezembro. Dela participarão os vencedores das categorias meio ambiente, saúde e segurança e prestador de serviços em cada um dos quatro estados.

Além da premiação nessas categorias, a edição nacional do Prêmio Fornecedores também dará destaque ao melhor fornecedor das regiões ainda não contempladas nas cerimônias – Rio de Janeiro, Sergipe, Bahia e Mato Grosso do Sul, e indicará o melhor fornecedor nacional de materiais.

A Vale, como mantenedora do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) nos estados onde tem suas operações, atua em parceria com as federações da indústria, governos estaduais e entidades de classe em cada um deles, para promover e capacitar os fornecedores locais com o objetivo de torná-los mais competitivos, contribuindo para o aprimoramento da cadeia de suprimentos e a geração de emprego e renda nas diferentes regiões.

O que é o IDF

O Índice de Desempenho de Fornecedores (IDF) é uma ferramenta da Vale utilizada para qualificar o nível de serviços e materiais oferecidos à empresa.

Para avaliar a prestação de serviços são considerados aspectos técnicos, de saúde e segurança, meio ambiente, obrigações trabalhistas, obrigações contratuais/civis e obrigações tributárias/previdenciárias. Já os fornecedores de materiais são avaliados quanto à pontualidade, competitividade e conformidade.

Para concorrer ao prêmio Fornecedores 2008, foi pré-requisito a empresa ter sido avaliada em todos os ciclos do IDF e ter obtido média superior a 90%.

Finalistas para a premiação nacional

Meio Ambiente

ü Engemar - Engenharia, Consultoria e Projetos Ltda.
ü KSM Comércio e Serviços Ltda.
ü Pérgula Construções, Representações Comércio e Indústria Ltda.
ü Scherr Química Ltda.

Saúde e Segurança

ü Aqua Port Transporte Marítimos e Reparos Navais Ltda.
ü Covap Construtora Vale do Paraíba Ltda.
ü Codiga Comércio e e Distribuição Ltda. – EPP
ü Mactron Manutenção Comércio e Manutenção de Equipamentos Eletroeletrônicos Ltda.

Serviços

ü Covap - Construtora Vale do Paraíba Ltda.
ü Degremont Tratamento de Águas Ltda.
ü Maqpetro Máquinas e Derivados de Petróleo Ltda.
ü Soldering Comércio e Indústria Ltda.
ü Solaria Equipamentos e Serviços Ltda.

Materiais

ü BHM Diesel Ltda.
ü Dimerx Distribuidora de Material Elétrico Ltda.
ü Metalúrgica Usisteel Ltda.

Câmara Municipal vira alvo de irresponsabilidade da Prefeitura

A atual Administração de São Gonçalo do Rio Abaixo deve mais de R$ 110 mil ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e tenta responsabilizar a Câmara Municipal pelas conseqüências da dívida. A Prefeitura acusa o Legislativo de deixar pendente o recolhimento de tributos, fato que estaria causando a perda de convênios. Porém, na tarde de ontem, 2, o presidente da Câmara, Luzimar da Fonseca, Buzica (PSDB), conseguiu junto ao INSS dados que demonstram que a Prefeitura é que está em situação irregular.

A dívida da prefeitura está relacionada a Guia de Recolhimento do FGTS e Informação Previdenciária Social (Gfip). De acordo com os dados do INSS, obtidos por Buzica, a prefeitura não teria efetuado o pagamento nos meses de junho, agosto e setembro. Em junho a prefeitura teria deixado de recolher R$ 35,9 mil. Em agosto, outros R$ 29,7 mil deixaram de ser recolhidos e em setembro mais R$ 48,1 mil. Ao todo a prefeitura deve R$110,7 mil.

A dívida tem gerado conseqüências para a Prefeitura. Sem efetuar o pagamento, o município não consegue a Certidão Negativa de Débito (CND). Sem a CND, a prefeitura vai perder uma série de projetos como, por exemplo, o "Praticando Esportes, Promovendo Cidadania", que tem apóio da Petrobrás. A renovação do projeto só pode ser feita com a CND.

Não bastasse a irresponsabilidade por não recolher os R$ 110 mil, a prefeitura de São Gonçalo ainda tentou culpar o Legislativo pelo problema. A administração informou a um periódico de João Monlevade que a perda de convênios estaria sendo causada pela Câmara. No entanto, segundo Buzica, em contato com o INSS, o órgão informou que o recolhimento do GFIP foi feito pela Câmara, restando a Casa prestar informações sobre o pagamento. O vereador explica que a Câmara Municipal de São Gonçalo, até o presente momento, não deixou de recolher INSS. Ele explica que, conforme acompanhamento da dívida flutuante do sistema contábil, o valor total a recolher até o fim do mês de novembro de 2008 seria de R$ 72,3 mil. Porém estes valores já foram devidamente pagos, tendo o saldo a pagar como zerado, conforme afirmou.

Buzica explicou que a informação de não pagamento do INSS por parte da Câmara é sustentada pela Prefeitura. Ele ressalta que havia uma incompatibilidade dos valores informados com os realmente pagos ao INSS. O vereador lembra que a Câmara está fazendo um levantamento, pois na gestão 2005/2007 o Legislativo possivelmente repassou ao INSS valores a mais do que realmente deveria repassar. Após o levantamento de dados, a Câmara irá procurar o posto de INSS para resolver a questão. Ele alega que desde setembro já vinha acertando pendências, porém a Câmara reforçou o empenho, fazendo um levantamento para resolver a questão. A atitude foi tomada após a Casa ter recebido o comunicado da Prefeitura para sanar o caso, para conseguir a liberação da certidão negativa de débito para o município.
Fonte: Jornal Bom Dia

2 de dezembro de 2008

Prefeitura de São Gonçalo paga o 13° dos servidores

A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo já fez o pagamento do 13º salário do funcionalismo público municipal. A segunda parcela foi antecipada e repassada aos servidores na última quinta-feira, 28.
Com o 13º antecipado, a prefeitura visa aquecer a economia local, com a circulação de mais dinheiro no comércio do município neste fim-de-ano.

27 de novembro de 2008

São Gonçalo na semi-final da Taça Monlevade de Futebol


A equipe infantil do projeto Bom de Bola, Bom de Escola de São Gonçalo do Rio Abaixo avançou para a semi-final da 4ª Taça Monlevade de Futebol ao vencer o Real Esporte Clube por 3 a 0 em partida realizada no último sábado, 22, no campo do industrial.
Agora, a equipe são-gonçalense enfrenta o Comercial, de Nova Era, no próximo sábado, 29, às 9 horas, no Estádio Louis Ensch.
Na primeira fase as equipes são-gonçalenses fizeram boa campanha. O infantil ficou com sete pontos e o juvenil com seis. O time juvenil de São Gonçalo não conseguiu se classificar para a semi-final, sendo derrotado pelo Real por 5 a 2, em partida muito disputada.

23 de novembro de 2008

Vice-prefeito é autuado por corte de árvore

Policiais militares ambientais realizavam patrulhamento ambiental no município de São Gonçalo do Rio Abaixo, na quinta-feira, 20 de Novembro, quando perceberam o corte de duas árvores de médio porte, em área comum ao passar pelo sítio Três Águas.

Segundo a polícia, o responsável pelo corte é o vice-prefeito da cidade, Edirley Márcio Moreira Lacerda, que não foi encontrado no ato da fiscalização. Os militares solicitaram que ele se apresentasse no 2º Grupamento da Polícia do Meio Ambiente de Barão de Cocais. O político foi autuado conforme auto de infração Sisema, ficando suspensa às atividades na área do corte, e foi autuado como depositário de um metro cúbico de lenha nativa, que se encontra no local da infração.

O vice-prefeito Edirley Lacerda foi orientado a procurar o órgão ambiental competente, Instituto Estadual de Florestas (IEF), para regularização da situação e outras providências administrativas.

Fonte: Jornal Bom Dia

20 de novembro de 2008

Vale assina memorando de entendimento com KEXIM

A Vale anuncia que assinou memorando de entendimento (MOU) com o Korea Eximbank (KEXIM), agência coreana de financiamento de exportações e importações. O MOU visa o suporte financeiro de projetos da Vale que contribuirão para a oferta estável de recursos minerais para o mercado coreano, promovendo, ao mesmo tempo, relacionamento entre a Vale e as empresas coreanas.

A Vale já dispõe de linhas de crédito de longo prazo com instituições governamentais de crédito do Brasil e Japão, conforme anteriormente divulgado. Essas linhas de créditos ainda não foram utilizadas e são destinadas ao financiamento dos nossos projetos, reforçando nossa capacidade de geração de valor ao acionista.

Prefeitura conscientiza população para o combate a dengue

A Prefeitura de Santa Bárbara, através da secretaria Municipal de Saúde, está de olho na dengue. Para isso, no próximo dia 22, irá participar do Dia D contra a Dengue. Na data, todos os motoristas que chegarem à cidade serão recebidos por agentes de saúde em uma blitz, onde receberão panfletos informativos e orientações sobre a doença. A ação também acontecerá em outros pontos do município. Apesar de a blitz educativa ser realizada no dia 22, a prefeitura já está fazendo um trabalho de conscientização. No último dia 13, foram feitos um mutirão e uma passeata no bairro São Vicente. Agentes da saúde também fizeram trabalhos educativos na escola Adélia Hosken Ayres, no Vista Alegre. Além disso, desde o dia 17, está aberta na Casa da Cultura uma exposição, mostrando tudo sobre a doença, desde a forma de contágio, evolução do mosquito transmissor, sintomas e forma de prevenção. A mostra estará disponível até dia 22.

Unidades de Saúde ficam prontas em 60 dias



As obras das Unidades Básicas de Saúde das comunidades de Borges e Bom Sucesso em São Gonçalo do Rio Abaixo devem ficar prontas em cerca de 60 dias, segundo a Secretaria de Obras do município. Juntas, elas custam cerca de R$279 mil e vão beneficiar mais de 200 famílias das duas comunidades. A Construtora Amarq Ltda é a empresa responsável pelas duas obras.

As unidades contarão com dois consultórios, um médico e um de enfermagem, dois banheiros, recepção, sala de espera, sala de vacinação, sala de curativos, salas de lavagem, desinfecção e esterilização de materiais depósito de material de limpeza.

Elas estão sendo construídas para oferecer um atendimento de qualidade e conforto à população, suprindo as necessidades básicas de saúde dessas localidades. Com isso, a Prefeitura Municipal busca atender toda a população, seja na área urbana ou rural.

Para Élio Raimundo Neves (66), morador de Bom Sucesso, o posto de saúde é uma das maiores necessidades da região. “A saúde aqui em nossa comunidade é a prioridade. A obra está ficando muito boa, estruturada, e o serviço está sendo bem feito. A obra só está melhorando a nossa comunidade”, ressaltou.

14 de novembro de 2008

Credimepi amplia suas ações no Médio Piracicaba

A união da Credimepi (Cooperativa de Crédito do Médio Piracicaba) com a CoopOuro (Cooperativa de Crédito do Circuito do Ouro) é um marco para o cooperativismo em Minas Gerais. A fusão deu origem ao Sicoob Credimepi, a maior cooperativa de crédito da região. Assim, a instituição financeira, que já possuía agência nas cidades de João Monlevade, Bela Vista de Minas, Nova Era, Rio Piracicaba e São Domingos do Prata, passa a oferecer seus produtos e serviços em Santa Bárbara e Barão de Cocais.
Além da cooperativa já estar instalada em sete cidades, já há a intenção de expandir os produtos e serviços para outras cidades, tanto do Médio Piracicaba, quanto do circuito do ouro.
De acordo com o secretário executivo da Central das Cooperativas de Economia e Crédito de Minas Gerais (Cecremge), Raimundo Sérgio, a união fará com que haja uma maior receita para empréstimos com taxas atraentes, além de aumentar o leque de produtos e serviços. “A fusão é o caminho da busca de responsabilidade e da sobrevivência. Com a união, o ativo da cooperativa passa a ser de R$ 21 milhões”, disse.
“Nossos cooperados serão os maiores beneficiados. Eles passaram a ter mais serviços, produtos e crédito maior também”, explicou o presidente da CoopOuro Sebastião Calais de Almeida.
Os cooperados serão notificados sobre as mudanças. Apenas os cooperados da CoopOuro terão os números de contas alterados, o que será feito automaticamente.

Vale aprova proposta de incorporação da MOP

A Vale anuncia que em reunião realizada hoje o Conselho de Administração aprovou a proposta de incorporação, pela Vale, de sua subsidiária integral Mineração Onça Puma S.A. (MOP).
A incorporação da MOP pela Vale se justifica por três razões: (a) simplifica a estrutura societária; (b) melhora a alocação de recursos; e (c) reduz custos. Ao mesmo tempo, mantém os compromissos assumidos com o Governo do Canadá, no contexto do Investment Canada Act , quando da aquisição da Inco Ltd. e que se referem à gestão dos ativos de níquel.
Desta forma, a proposta será submetida para a aprovação dos acionistas da Vale em assembléia a ser convocada no prazo legal.

Continuidade ao projeto de Roteirização e Cardápio Turístico das Cidades Históricas de Minas Gerais é discutida em Santa Bárbara


O andamento do projeto que criou a roteirização e o cardápio turístico das cidades históricas de Minas Gerais foi discutido em Santa Bárbara, no último dia 10 de novembro.
Na ocasião, que contou com a participação de pessoas ligadas ao turismo, como artesãos, quitandeiras, representantes de hotéis e do poder público, foram destacadas algumas ações com intuito de melhorar o cardápio lançado recentemente. O objetivo é divulgar mais os roteiros de cada cidade, aumentar o fluxo de turistas e, conseqüentemente, vender os produtos disponíveis nos municípios.
Durante o encontro, cada cidade criou um núcleo que terá como primeira ação conhecer os produtos e os roteiros divulgados no cardápio. Segundo a consultora da FEOP, Fátima Tropia, a reunião, que é uma seqüência de várias outras que já vem acontecendo há algum tempo, serviu para contribuir para o entendimento da importância do papel de cada um como ator responsável pelas ações de desenvolvimento do turismo na região.
O objetivo do projeto é atuar em consonância com as diretrizes de roteirização do Ministério do Turismo, na criação, desenvolvimento de produtos/roteiros turísticos nas cidades que compõem a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais, que deram a formação do Cardápio Turístico das Cidades Históricas com produtos operacionalizáveis e comercializáveis.
A roteirização é um projeto inovador que criou um cardápio de produtos e serviços turísticos em Santa Bárbara e nas outras 25 cidades filiadas à Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais. Com este instrumento, além de organizar a oferta dos atrativos locais, foi possível formatar roteiros integrados com o objetivo de aumentar a permanência dos turistas pelas cidades históricas.
Santa Bárbara – De Santa Bárbara foi apresentado o roteiro turístico Centro Histórico - um passeio organizado, que sai da Casa da Cultura. Nesse passeio, os condutores são gratuitos e também não é cobrada entrada para visitação aos prédios históricos. Nesse percurso, criado em 2005, o visitante conhece a Casa da Cultura (Século XVIII – Tombada pelo IEPHA – IPHAN – Conselho Municipal); Hotel Quadrado; Prédio da Prefeitura (Século XVIII – Tombado pelo IEPHA – Conselho Municipal); Antiga Cadeia – em reforma (Século XVIII – Tombada pelo IEPHA – Conselho Municipal); e Igreja Matriz de Santo Antônio (Século XVIII – Tombada pelo IEPHA – IPHAN – Conselho Municipal).
Entre os produtos do cardápio, destaca-se Café Colonial do grupo Florescer, Pelos trilhos e trilhas da Estrada Real, Ensaio do grupo Cantares, Visita à Casa do Mel, Visita ao atelier do artesão Paredão (artesanato de madeiras), visita ao atelier do artesão Euler (artesanato de resina e pó de mármore, que dá vida às aves e animais representantivos da fauna local).

Calçamentos em mais cinco comunidades estão concluídos em São Gonçalo


Urbanizações em Martins, Borges, Vargem da Lua, Terra Branca e Pau de Raio já estão prontas

A Prefeitura de São Gonçalo já concluiu a urbanização de mais cinco comunidades rurais do município. Martins, Borges, Vargem da Lua, Terra Branca e Pau de Raio já estão calçadas e com meio-fios.
Com o calçamento o acesso a essas comunidades ficou mais fácil, permitindo que veículos e pessoas tenham maior facilidade de tráfego. Para José Augusto de Souza, 28, morador da comunidade de Martins, que foi calçada por quase um quilômetro, o calçamento acabou com o barro e poças d’água em períodos chuvosos e com a poeira nos tempos de seca. “O acesso era difícil, principalmente por causa do barro e agora melhorou bastante. Isso não foi só em Martins, mas em diversas comunidades, ressaltou”.
As obras de urbanização das comunidades rurais do município visam melhorar a infra-estrutura, segurança e o conforto para as populações dessas localidades.

11 de novembro de 2008

Alunos de Santa Bárbara serão avaliados na quarta edição do Proava

De 14 a 19 de novembro, cerca de 4100 alunos da educação infantil ao 9º ano da rede municipal de ensino de Santa Bárbara vão participar da quarta edição do Programa de Avaliação das Escolas da Rede Municipal (Proava).
Diferentemente das três edições anteriores, quando todos os alunos foram avaliados em relação às mesmas matérias (português e matemática, em 2005 e 2006, e ciências e história, em 2007), neste ano, as disciplinas serão dividas por séries.
A avaliação da Educação Infantil e do 1º ano do Ensino Fundamental será realizada considerando o art. 31 da seção II da LDBEN, mediante atividades contextualizadas e significativas, por meio das quais pode-se observar a evolução das crianças nas quatro Competências Lingüísticas Básicas: falar, escutar, ler e escrever – considerando seu nível de desenvolvimento. E em Matemática, elas serão avaliadas em situações matemáticas significativas em que terão que utilizar seus conhecimentos prévios.
Do 2º ao 5ª ano, os alunos serão avaliados em geografia. Já do 6º ao 9º ano, em geografia, português e matemática.
O intuito do prefeito Toninho Timbira, com esta política, é garantir uma educação de qualidade para toda a população, e manter os bons resultados que o setor vem alcançando.
Em 2007, terceira edição do programa, a média geral do Proava, que avaliou cerca de três mil alunos do 2º ao 9º ano em ciências e história, foi de quase 57%. Em história, a média geral foi de 57,85%. Já em ciências, 55,95%. Este último resultado foi maior do que a média nacional de 34% em ciências, obtida através da Pesquisa Internacional de Educação (PISA), realizada em 2005, mas com resultado divulgado no ano passado.
Em 2006, segunda edição do programa, a média geral, que avaliou estudantes do 2º à 9º ano em português e matemática nas 17 escolas da rede municipal, foi de 66,47%. Do 2º ao 5º ano esse desempenho foi de 70,64%, padrão de países mais avançados do mundo.
Proava – o Programa de Avaliação das Escolas da Rede Municipal (Proava) é um programa de avaliação sistêmica da rede, criado em 2005 para possibilitar que a Secretaria de Educação e as escolas analisem o desempenho de cada aluno em relação à escola, cada escola em relação à rede e a rede em relação ao Estado e ao País, além de fornecer informações que permitem que a própria escola e a administração municipal possam adotar programas e projetos voltados à melhoria da qualidade do ensino.

Inscrições para o Senai de São Gonçalo vão até sexta-feira


As inscrições do processo seletivo para o preenchimento de 80 vagas para os cursos de aprendizagem industrial em Manutenção Mecânica e Manutenção Elétrica Industrial do Senai de São Gonçalo do Rio Abaixo vão até esta sexta-feira, 14.
Quem tem entre 16 e 22 anos e o ensino fundamental completo deve procurar a Secretaria de Educação do município até o dia 14 de novembro munido da carteira de identidade, CPF, uma foto 3x4 e um quilo de alimento não perecível (exceto sal e fubá) para se inscrever no processo. As provas serão aplicadas no dia 6 de dezembro. Mais informações pelo telefone (31) 3833-5285.
O prédio que abrigará o Senai de São Gonçalo do Rio Abaixo já está concluído. Ele está situado na Rua Januária, esquina com a Rua Raimundo Mateus, no bairro Guanabara, e conta com 848 metros quadrados de área construída num terreno de 2.304 metros quadrados. Terá três salas de aula, salas para diversas oficinas e laboratórios, biblioteca, banheiros, cantinas e salas administrativas. A previsão é de que a escola seja inaugurada no início de 2009.
O Senai é um dos mais importantes pólos nacionais de geração e difusão de conhecimento aplicado ao desenvolvimento industrial, abrindo portas aos jovens para o mercado de trabalho.

Prefeitura conclui reforma de escolas rurais



A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo concluiu a reforma de escolas em três comunidades rurais, em Una, Vargem Alegre e São José.
No Una foram feitas a troca do telhado de amianto por colonial, construção de dois banheiros e uma biblioteca, adequação da cozinha e instalação de grades, pintura do prédio e assentamento de piso em cerâmica e revestimento com azulejos na cozinha e banheiros . A última melhoria na escola havia sido realizada em 2005, com a criação de uma sala de aula e pintura.
Em Vargem Alegre a reforma consistiu em pintura, ampliação, adequação e construção de uma nova sala de aula, melhorias nas dependências da cozinha e do banheiro, além da construção de uma varanda.
Já a escola de São José recebeu nova pintura, reforma do telhado e colocação de forro em PVC, construção de banheiros para os alunos e professores, adaptação de sala para biblioteca, reforma da cozinha, construção de muro para o cercamento da escola e a troca da rede elétrica.
As crianças, que no período das obras estavam estudando em casas alugadas, já voltaram para as respectivas escolas de cada comunidade.
Com as reformas em escolas rurais, a Prefeitura Municipal oferece aos alunos e funcionários mais conforto e comodidade nas atividades escolares.

Escola Manoel Gonçalves lança o livro “Minha Cidade”


Obra foi escrita por alunos durante os trabalhos da Olimpíada de Língua Portuguesa

Na última quinta-feira, 6, a Escola Estadual Manoel Gonçalves Moreira, com o apoio da Prefeitura Municipal, lançou o livro “Minha Cidade”, uma coletânea de poesias escritas pelos alunos do 5º ano (antiga 4ª série do Ensino Fundamental) da escola, durante o trabalho da Olimpíada de Língua Portuguesa, com o tema “O lugar onde vivo”.
O evento teve início na terça-feira, 4, com a mostra de trabalhos dos alunos da escola e apresentações artísticas e culturais. No lançamento, as crianças fizeram leituras de autores já consagrados da literatura brasileira e dos poemas do livro Minha Cidade.
Também foram realizadas várias homenagens, onde o prefeito, Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho, Miriam Stella Blonski, representantes da Superintendência de Ensino de Nova Era e da Vale foram agraciados com exemplares do livro escrito pelas crianças.

Minha Cidade
No primeiro semestre deste ano, as professoras e os alunos trabalharam oficinas da Olimpíada de Língua Portuguesa do caderno “Poetas da Escola”, trabalho que proporcionou aos participantes a oportunidade de ampliarem o domínio da leitura, da escrita e de se expressarem no gênero estudado, a poesia.
Na etapa da escolha da poesia vencedora, diante de belos trabalhos, surgiu a idéia de reunir todos os poemas numa só obra com o título do poema vencedor, “Minha Cidade”, da aluna Isabela Fernanda Oliveira Rodrigues.
De acordo com a diretora da escola, Silvana Ângela de Magalhães Moraleida Gomes, “o livro fala da nossa esperança e da ternura que temos por essas crianças, da certeza de que seus caminhos serão pontilhados pela lealdade, trabalho, fé, ética e compromisso, tão reforçados em todas as atividades desenvolvidas. Fala da alegria, da realização de nós mesmos, através de cada um dos sorrisos com que nos brindam diariamente”.

6 de novembro de 2008

Gustavo Prandini se encontra com Lula, ministros e parlamentares em Brasília

Foto:Geraldo Magela Ferreira, da assessoria de comunicação do PT nacional

O prefeito eleito de João Monlevade, Gustavo Prandini, cumpriu uma extensa agenda política nos últimos dois dias em Brasília, onde manteve contatos com o presidente Lula, ministros, parlamentares e autoridades do governo federal para garantir investimentos para o município.
Na terça-feira (4), em visita à Câmara dos Deputados, Gustavo Prandini conseguiu obter junto a parlamentares do PV e do PT a inclusão de emendas de, aproximadamente, um milhão de reais no Orçamento Geral da União para 2009. As emendas serão feitas pelos deputados verdes Antônio Roberto e José Fernando e pelos petistas Leonardo Monteiro, Odair Cunha e Maria do Carmo.

Encontro com Lula
Na manhã desta quarta-feira (5), ele participou no Palácio do Planalto da cerimônia de assinatura de decretos alterando os regimentos do Sesc, Senac, Senai e Sesi para abertura de vagas gratuitas no ensino técnico de nível médio, que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Após o ato, Prandini agradeceu o presidente Lula pelo apoio durante a campanha eleitoral e o convidou para retornar a Monlevade até o final do seu mandato, uma vez que o presidente esteve por inúmeras vezes na cidade, mas não na condição de chefe da nação. Na ocasião, Lula manifestou a sua alegria pela vitória da aliança entre o PV e o PT na cidade
À tarde, Prandini participou de encontros nos ministérios da Saúde, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Comunicações e do Trabalho, quando expôs os principais projetos que serão implementados pela futura administração de João Monlevade e recebeu de todos os representantes do governo federal a garantia de apoio e de participação nos investimentos que a cidade precisa.
O secretário nacional de Comunicação do PT, Gleber Naime de Paula, acompanhou Gustavo Prandini em todas as atividades da sua agenda política em Brasília.

Saúde
No Ministério da Saúde, Prandini se reuniu com o Dr. Antônio Alves, secretário de Gestão Estratégica e Participativa, quando foi feito um primeiro diagnóstico da situação da saúde em Monlevade.De concreto ficou acertado o apoio do MS à estruturação do Conselho Municipal de Saúde, através da realização de cursos para os conselheiros e cessão de equipamentos de informática. Além disso, Prandini solicitou apoio do ministério na realização de um diagnóstico completo da saúde no município, pois foi detectada uma perda de recursos na área.

Hélio Costa
Gustavo Prandini também foi recebido em audiência pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, que se comprometeu a dar total apoio à sua administração. Costa anunciou durante o encontro uma proposta de parceria com a prefeitura para a implantação de vários telecentros no município já no primeiro ano de governo.

Desenvolvimento Social
Acompanhado por Gleber Naime, Gustavo Prandini foi recebido no Ministério do Desenvolvimento Social pelos representantes das secretarias de Segurança Alimentar e de Assistência Social, Marco Aurélio Loureiro e Simone Albuquerque, respectivamente. Eles fizeram uma explanação ao prefeito eleito a respeito dos programas sociais do governo federal e da situação atual do município, de acordo com os dados do MDS.
Ficou acertado também que o ministério apoiará desde já a equipe de transição de Prandini na formulação do diagnóstico social da cidade e na implementação de vários programas que não existem hoje no município e que o prefeito eleito pretende implantar.

Apoio institucional
Na terça-feira (4), Gustavo Prandini foi recebido no Palácio do Planalto pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Dulci. No encontro, Prandini expôs a Dulci as principais metas da futura administração municipal e pediu o apoio do governo federal, tendo recebido do ministro a garantia de uma boa interlocução entre os dois governos e o interesse do Governo Lula em apoiar e também implementar programas e iniciativas federais em Monlevade.
Durante o dia, Prandini manteve contatos com o titular da Secretaria de Assuntos Federativos da Presidência da República, Alexandre Padilha, e por membros da sua equipe, entre eles o responsável pelo acompanhamento dos municípios mineiros, Alan Silva. A SAF é o órgão do Ministério de Relações Institucionais que faz a ligação direta do governo federal com os prefeitos em todo o país.
Durante o encontro, a equipe da secretaria fez uma explanação a respeito dos programas e projetos governamentais, metas e obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), além de deixar à disposição do prefeito eleito a adesão do município, em parceria com a Caixa Econômica Federal, ao FNHIS (Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social). O município deverá apresentar futuramente um projeto à Caixa para se habilitar ao fundo.
A visita serviu para abrir o primeiro canal de diálogo institucional entre o prefeito eleito e o Palácio do Planalto.

Juventude
Ainda no Palácio do Planalto, Prandini foi recebido pelo secretário nacional de Juventude, Beto Cury. Também participou do encontro José Almir da Silva, assessor responsável pelo acompanhamento dos projetos para a juventude implantados pelo governo Lula em diversos municípios.
Na oportunidade foi aberta a possibilidade de João Monlevade participar do Pro-Jovem Urbano, programa do Governo Federal destinado a jovens com idades entre 18 a 29 anos que não terminaram o ensino fundamental. Os jovens beneficiados pelo Pro-Jovem Urbano recebem uma bolsa mensal para concluir os estudos, além de qualificação técnica.
De acordo com a Secretaria Nacional de Juventude, João Monlevade tem hoje 2.535 jovens nessas condições e foi colocada a possibilidade concreta de se efetivar o programa na cidade.
Prandini esteve ainda no Ministério da Educação, onde foi recebido em audiência por Eliezer Pacheco, secretário de Ensino Profissionalizante do MEC. Ele expôs os projetos da futura administração com relação à criação de cursos profissionalizantes em João Monlevade, que será uma das prioridades para a área da educação, e recebeu do secretário a garantia de apoio por parte do ministério. Segundo o secretário, o encontro com o prefeito eleito simboliza um primeiro passo para o desenvolvimento da futura implantação do CEFET na cidade.

Homem é encontrado morto na comunidade de Café Nacional

No dia 5 de Novembro, as 11h20, a Polícia Militar de São Gonçalo do Rio Abaixo, encontrou na comunidade de Café Nacional, o corpo do desempregado Eustáquio Gonçalves da Silva Nascimento, 34 anos. Ele era natural de João Monlevade, mas residia próximo ao local onde foi encontrado.
O corpo foi encontrado por uma mulher que acionou a polícia e disse que ao amanhecer, observou que a vítima estava caída sem vida. O perito da Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade compareceu no local da ocorrência e liberou o corpo. O motivo da morte foi causa natural.

5 de novembro de 2008

Prédio do Senai de São Gonçalo está concluído


A previsão de inauguração da obra é para o início de 2009. As inscrições para o processo seletivo para o preenchimento das vagas vão até o dia 14 de novembro

A obra do prédio que abrigará um dos mais importantes pólos nacionais de geração e difusão de conhecimento aplicado ao desenvolvimento industrial, o Senai de São Gonçalo do Rio Abaixo, está concluído. O prédio está situado na Rua Januária, esquina com a Rua Raimundo Mateus, no bairro Guanabara, e conta com 848 metros quadrados num terreno de 2.304 metros quadrados, terá três salas de aula, salas para diversas oficinas e laboratórios, biblioteca, banheiros, cantinas e salas administrativas.
O Senai colocará São Gonçalo no grupo de cidades que contam com escolas formadoras de profissionais para as grandes indústrias, com cursos voltados para a formação profissional de jovens, todos gratuitos, inserindo-os no mercado de trabalho.
A previsão é que a escola seja inaugurada no início de 2009.

Processo Seletivo
O processo seletivo para o preenchimento das 80 vagas para os cursos de aprendizagem industrial em Manutenção Mecânica e Manutenção Elétrica Industrial, já está com as inscrições abertas. São 40 vagas para cada curso.
Quem tem entre 16 e 22 anos e o ensino fundamental completo deve procurar a Secretaria de Educação do município até o dia 14 de novembro munido da carteira de identidade, CPF, uma foto 3x4 e um quilo de alimento não perecível (exceto sal e fubá).
As provas serão aplicadas no dia 6 de dezembro. Mais informações pelo telefone (31) 3833-5285.

3 de novembro de 2008

Santa Bárbara conquista os três primeiros lugares no Programa de Avaliação da Alfabetização

Santa Bárbara é destaque mais uma vez na educação. O resultado do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa), programa do Governo do Estado, divulgado recentemente, mostrou que três escolas do município ficaram com os três primeiros lugares, em uma lista de 200 instituições de ensino da rede municipal de18 cidades da Região Metropolitana A.
Das escolas santabarbarenses, Professor Guedes (Vigário da Vara), Iveta Moreira Novais (Tenente Carlos) e Cecília Álvares Duarte (Brumal) obtiveram 733,8, 692,9 e 674,7 pontos e ficaram em 1º, 2º e 3º lugares respectivamente. A escola Ana Carolina de Ramos (Barro Branco) ficou com o 5º lugar, com 666,5 pontos.
Levando em consideração o desempenho do ano passado, as escolas mostraram crescimento significativo, já que, pela ordem, em 2007 ficaram com 601,7, 688,1 e 537,9 pontos.
Média - Na média geral, Santa Bárbara conquistou 555 pontos por meio da avaliação feita com 355 alunos do 3º ano (antiga 2ª série). A média é superior a estadual (no 3º ano), que foi de 513,8.
Comparando o resultado do município deste ano com o desempenho em 2006 e 2007, mais uma vez, a cidade apresentou crescimento. Foram 512,87 pontos em 2006 e 551,90 em 2007.
Em 2008, dos 355 alunos avaliados, 72% (255 estudantes) atingiram o nível recomendável; 14% (50 alunos), o nível intermediário; e 14% (50 alunos), o nível baixo.
Em 2007, dos 344 alunos avaliados, 69% (237 estudantes) atingiram o nível recomendável; 14% (49 alunos), o nível intermediário; e 17% (58 alunos), o nível baixo. Em 2006, foram avaliados 400 alunos, sendo que 50,5% (205 estudantes) atingiram o nível recomendável; 24,3% (94 alunos) atingiram o nível intermediário; e 25,2% (101 alunos), o nível baixo.
De acordo com o Programa, com essa pontuação, os alunos santabarbarenses possuem habilidades de leitura consolidadas. Também já conseguem identificar assuntos com os temas de textos curtos.
O Proalfa é um programa do Governo do Estado que está em sua quarta edição. O programa avalia alunos das redes municipais e estaduais, do 2º ao 4º ano, quanto às suas proficiências em leitura.

Cristovam Buarque visita São Gonçalo


O senador conheceu os projetos educacionais do município, entre eles, a Escola Integral e o Centro Cultural

O Senador Cristovam Buarque (PDT) visitou São Gonçalo do Rio Abaixo por volta das 14 horas desta quinta-feira, 30, onde, acompanhado do prefeito da cidade, Raimundo Nonato Barcelos,o Nozinho, conheceu a Escola Integral, o Centro Cultural entre outros projetos educacionais do município. Durante a manhã, Buarque participou de um seminário em Itabira.
Em sua chegada, o senador descreveu a sua emoção ao conhecer a escola que é referência na região do Médio Piracicaba. “É possível, não importa o tamanho da cidade. A educação é a base para o conhecimento e o progresso deve ser baseado na educação, como estou vendo aqui em São Gonçalo. Até porque, em si, a ela deve ser considerada uma riqueza. A cultura é a maior riqueza de uma pessoa”, ressaltou Cristovam Buarque.
O senador conheceu toda a estrutura da escola, visitou salas de aulas e comprovou a qualidade do ensino no município. Ele fez elogios quanto a qualidade da construção, do espaço físico e principalmente aos educadores. Em sua saída, ele deixou uma mensagem a todos os educadores e à população são-gonçalense. “Acreditem, é possível transformar a educação neste país”.
Após a Escola Integral, Cristovam Buarque fez uma rápida visita ao Centro Cultural e deu autógrafos em seu livro “O que é educacionismo”, onde que retrata o Movimento Educacionista onde, segundo ele, o progresso não está na economia como o capitalismo e o socialismo pregavam. “O progresso está na Educação”, finalizou o senador.

24 de outubro de 2008

ALCANÇANDO NOVOS RECORDES

A Vale continuou a apresentar excelente desempenho operacional e financeiro no terceiro trimestre de 2008 (3T08), refletido na obtenção de recordes na produção de minério de ferro, pelotas, níquel, bauxita, alumínio, alumina, cobalto e carvão térmico, embarques de minério de ferro e pelotas, cobre, alumina, cobalto e carvão térmico, receita bruta, lucro operacional e geração de caixa.

A combinação de solidez financeira, ativos de classe mundial e múltiplas opções de crescimento orgânico nos colocam em posição privilegiada para continuar a buscar a maximização da geração de valor para o acionista no longo prazo.
Não obstante nossa crença nos bons fundamentos de longo prazo dos mercados de minérios e metais, no curto prazo nos defrontamos com um cenário econômico global em que os riscos se elevaram de maneira significativa. Por outro lado, as condições prevalecentes nos mercados financeiros geram oportunidades para criação de valor, facilitando o aproveitamento de diversas oportunidades de crescimento rentável.

Diante dos riscos e oportunidades, a Vale mantém postura flexível, implementando sua estratégia de crescimento, porém administrando sua produção e a execução de projetos de acordo com um cuidadoso e contínuo monitoramento da evolução das condições de mercado.

Os principais destaques da nosso desempenho no 3T08 foram:

· Recorde de embarques de minério de ferro e pelotas: 85,9 milhões de toneladas métricas.

· Receita bruta recorde de US$ 12,1 bilhões, 49,2% acima do 3T07, de US$ 8,1 bilhões. A receita acumulada nos nove primeiros meses de 2008 (9M08) foi de US$ 31,1 bilhões contra US$ 24,7 bilhões no 9M07.

· Lucro operacional, medido pelo EBIT ajustado(a) (lucro antes de juros e impostos), recorde de US$ 5,5 bilhões, apresentando elevação de 61,4% em relação ao 3T07. No 9M08 o EBIT ajustado de US$ 13,7 bilhões aumentou 30,2% em relação ao 9M07.

· Margem EBIT ajustado de 47,2%, contra 43,4% no 3T07.

· Geração de caixa, medida pelo EBITDA ajustado(b) (lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortização), no 3T08 de US$ 6,4 bilhões, com incremento de US$ 2,4 bilhões em relação ao 3T07, de US$ 4,0 bilhões. No 9M08, o EBITDA ajustado chegou a US$ 16,3 bilhões contra US$ 12,2 bilhões no 9M07.

· Lucro líquido, de US$ 4,8 bilhões, correspondente a lucro por ação diluído de US$ 0,94, com aumento de 64,0% sobre o resultado recorde obtido no 3T07, de US$ 2,9 bilhões. No 9M08 o lucro líquido atingiu US$ 11,9 bilhões ante US$ 9,2 bilhões no 9M07.

· Sólida posição financeira, baseada em forte geração de caixa, recursos em caixa da ordem de US$ 15,2 bilhões, disponibilidade de volume significativo de linhas de crédito de médio e longo prazo e um perfil de dívida de baixo risco.

· Pagamento de remuneração ao acionista – dividendos e juros sobre o capital próprio - no valor de US$ 1,6 bilhão (R$ 3,448 bilhões) a partir de 31 de outubro de 2008. Remuneração ao acionista no valor total de US$ 2,85 bilhões (R$ 5,558 b · Pagamento de remuneração ao acionista – dividendos e juros sobre o capital próprio - no valor de US$ 1,6 bilhão (R$ 3,448 bilhões) a partir de 31 de outubro de 2008. Remuneração ao acionista no valor total de US$ 2,85 bilhões (R$ 5,558 bilhões) em 2008, com aumento de 52,0% relativamente aos US$ 1,875 bilhão pagos em 2007.

· Investimentos de US$ 2,7 bilhões no 3T08 e de US$ 6,7 bilhões nos primeiros nove meses de 2008. Seis projetos concluídos até agora neste ano: Zuhai, Samarco III, Fazendão, Dalian, Paragominas II e Alunorte 6&7.

· Em linha com nossos compromissos estratégicos, o investimento em responsabilidade social corporativa alcançou US$ 197 milhões no 3T08, sendo US$ 132 milhões em proteção ambiental e US$ 65 milhões em projetos sociais. Nos 9M08, esses investimentos somaram US$ 580 milhões, com US$ 404 milhões para meio ambiente e US$ 175 milhões em ações sociais.

Já estão disponíveis no nosso site ( www.vale.com.br) os resultados da Vale do 3T08:

Capa da edição do jornal Na Boca do Povo

23 de outubro de 2008

Acidente na BR381

Fotos:Douglas dos Santos


Na segunda-feira 20 de Outubro, por volta das 11:00h, aconteceu um acidente no quilômetro 376 da br381 na Mãe D´água em São Gonçalo do Rio Abaixo. O Fiat Stilo, placas MVH-9698, de Betim, entrou na contramão e atingiu de frente o Maréa, placa LNB-6093, de Betim. Ao todo, sete pessoas ficaram feridas.
No Maréa estavam seis passageiros: Gláucio Vagner Gomes, Edenei Matozinho Gomes, Wagner Júnior Gomes, Andreza Cristina Gomes e Maria Samara Soares dos Santos. os feridos foram levados para o Hospital Margarida, com ferimentos leves. Já o condutor do Stilo, Marcelino Magela de Assis, precisou ser transferido para Belo Horizonte, com suspeita de fratura no fêmur.

21 de outubro de 2008

Giramundo apresenta o espetáculo “Giz”, nesta quinta-feira, em São Gonçalo

Projeto Teatro Móvel traz peça que não é encenada há 18 anos pelo grupo
O Teatro Móvel Giramundo, projeto itinerante do grupo de teatro de bonecos em parceria com a Prefeitura e Vale, apresenta a peça “Giz”, em São Gonçalo do Rio Abaixo, nesta quinta-feira. O espetáculo, que não é encenado pelo grupo há 18 anos, mostra pequenas histórias isoladas de uma família, onde pessoas nascem, pessoas morrem, em um processo incessante, perturbador e frequentemente cômico. O roteiro, que não possui linearidade, liga as cenas pelas diferentes abordagens e conseqüências do abandono.
Os bonecos da peça são maiores do que os próprios manipuladores e apresentam traços exagerados como uma caricatura. O jogo de luzes é parte fundamental do espetáculo, uma vez que todo o cenário e personagens são brancos. A trilha sonora incidental, composta por ruídos e efeitos sonoros, foi criada pelo músico Eduardo Álvares, especialmente para a peça.
O projeto Teatro Móvel funciona dentro de um baú de caminhão que foi adaptado para levar os espetáculos do Giramundo a diversos locais.
O espetáculo “Giz” será apresentado às 20 horas, na Quadra de Esportes Januário Garcia, ao lado do Centro Cultural. A entrada é gratuita.

14 de outubro de 2008

Vale anuncia proposta de programa de recompra de ações

A Vale informa que os acionistas da Valepar S.A. (Valepar), acionista controladora da Vale, aprovaram hoje a proposta da Diretoria Executiva da Vale de criar um programa de recompra de ações de emissão da Vale pelo prazo máximo de 360 dias, envolvendo até 69.944.380 ações ordinárias e até 169.210.249 ações preferenciais, correspondentes respectivamente a 5,5% e 8,5% do número total de ações de cada classe em circulação (“free float”) com base na posição acionária de 30 de setembro de 2008.

Esta proposta será submetida para aprovação do Conselho de Administração da Vale em reunião a ser realizada no dia 16 de outubro de 2008. O programa de recompra de ações somente poderá ter início no dia 27 de outubro de 2008, ao término do período de vedação a negociações (“blackout period”), em observância ao que dispõem a Instrução CVM 358 e a Política de Negociação de Valores Mobiliários de emissão da Vale.

O programa obedece rigorosamente à legislação brasileira em vigor e a aquisição das ações será realizada em bolsa de valores a preços de mercado através das seguintes instituições financeiras:

· Bradesco S.A. CTVM – Avenida Ipiranga 282 – São Paulo (SP)
· Itaú CV – Av. Doutor Hugo Beolchi 900, 15º andar – São Paulo (SP)
· Agora-Senior CTVM S.A. – Praia de Botafogo 300, 6º andar – Rio de Janeiro (RJ)
· Fator S.A. CV – Rua Doutor Renato Paes de Barros 1.017 – 11º e 12º andares – São Paulo (SP)
· Credit Suisse Hedging-Griffo CV S.A. – Av. Presidente Juscelino Kubitschek 1.830, 6º e 7º andares – São Paulo (SP)
· Magliano S.A. CCVM – Rua Bela Cintra 986, 2º andar – São Paulo (SP)

O objetivo é a utilização do caixa, tendo em vista os múltiplos de mercado observados nas últimas semanas, maximizando valor para os acionistas.

São Gonçalo comemora o dia das crianças


O fim-de-semana não foi somente marcado pelas apresentações no Centro Cultural. As crianças são-gonçalenses também fizeram a festa nas comemorações realizadas pelo seu dia. No sábado a festa foi na Escola Integral, das 8 horas ao meio dia, com pula-pula, pintura facial, pipoca e algodão doce para as crianças da rede municipal de ensino.
Já na tarde do domingo, 12, a festa foi montada na Quadra Januário Garcia, no centro da cidade, onde a meninada pode brincar a vontade com os diversos brinquedos montados na quadra: touro mecânico, camas elásticas, piscina de bolinhas, balão pula-pula, palhaços malabares e pernas-de-pau.

Fim-de-semana com Teatro e Família Rodrigues no Centro Cultural


O Centro Cultural São Gonçalo do Rio Abaixo foi palco de duas apresentações do Roteiro das Artes, agenda cultural que leva atrações culturais e artísticas ao município. Na sexta-feira, as crianças lotaram o auditório do Centro Cultural na apresentação do espetáculo teatral Gaia. No sábado, 11, foi a vez do Grupo Musical Família Rodrigues apresentar seu vasto repertório musical.
A peça Gaia apresentou uma reflexão sobre a ocupação da Terra, propondo uma nova relação com nosso planeta e conseqüentemente com a vida. O espetáculo solo GAIA tem duração de 45 minutos e seu protagonista é o palhaço Sapiens, um gari, que após encontrar um globo terrestre (Gaia) jogado fora, apresenta sua versão da história da ocupação de nosso planeta.
Já a apresentação da Família Rodrigues atingiu um público diversificado com um repertório que abrange desde a música Barroca (Vivaldi, Bach) passando pelo clássico (Mozart, Beethoven), contemporâneo (Villa-Lobos, Piazzola), incluindo a música pop universal (Beatles, Led Zeppelin) e a música popular brasileira (Pixinguinha, Zequinha de Abreu, Tom Jobim e outros).

13 de outubro de 2008

Santa Bárbara recebe oficinas do Cultura em Rede da Fundação Vale

Santa Bárbara recebe no próximo dia 16 de outubro diversas oficinas culturais do Cultura em Rede, um programa da Fundação Vale em parceria com a Planeta Agência de Cultura.
Ao todo, serão 60 vagas divididas entre as oficinas de decoupage, objetos reciclados, confecção de máscaras e bonecos reciclados.
Com apoio da Prefeitura de Santa Bárbara, as oficinas, todas gratuitas e abertas à comunidade, serão realizadas na Casa da Cultura.
Programação
16/10 - Quinta-feira
09h às 12h Oficina de Decoupage com Flordísia Garcias (Fula) – da Associação dos Artesãos de Santa Bárbara
Número de Vagas: 15
Idade Mínima: 12 anos
Sinopse: Caixas de MDF, pintadas com tinta acrílica e decoupage com guardanapos decorativos
09h às 12h Oficina de Objetos Reciclados – Cia. Bollonomi
Número de vagas: 20
Idade Mínima: 12 anos
Sinopse: Visa sensibilizar os participantes para o meio ambiente através do entendimento dos três Rs fundamentais (reduzir, reutilizar e reciclar). Para isso, o lixo doméstico é o suporte para desenvolver novas formas e funções. A criatividade é a ferramenta usada na transformação de garrafas Pet, papel, papelão, caixas, latinhas e objetos em desuso.
14h às 17h Oficina de máscaras com Saulo da Cia. Virundangas
Número de vagas: 15
Idade Mínima: 12 anos
Sinopse: Esta oficina prevê uma breve introdução sobre o assunto, com foco nas máscaras da commedia dell'arte, além da construção de máscaras de papel com textura e expressividade, partindo do próprio rosto como modelo.
14h às 17h Oficina de bonecos reciclados ministrada por Catin Nardi da Cia. O Navegante
Número de vagas: 10
Idade Mínima: de 08 a 10 anos
Sinopse: Visa sensibilizar as crianças para a reutilização do lixo doméstico, tais como, copinhos de café, tampinhas de garrafas pet, latinhas, para a construção de bonecos.

9 de outubro de 2008

Atividades lúdicas animam o dia das crianças no trem de passageiros da EFVM

No dia 11 de outubro, sábado, o Dia das Crianças será comemorado no trem de passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), com atividades relacionadas ao teatro de bonecos, com foco na mineração, meio ambiente, segurança e cidadania.

O objetivo dessa ação é dialogar com o público infantil por meio de uma programação lúdica e educativa. Além de entreter as crianças e os demais passageiros, esse momento será utilizado para informá-los sobre como a mineração está presente no cotidiano das pessoas.

Durante todo o trajeto, apresentações para o público em geral e oficinas de confecção de bonecos para crianças acontecerão alternadamente, envolvendo todos os vagões do trem de passageiros. O trem como um todo será o palco dessas apresentações.

Atividades:
· Oficina de Teatro de Bonecos – nessa oficina, os participantes
Vão construir seus próprios bonecos e depois “desfilarão” pelo trem para mostrá-los aos demais passageiros, até retornarem aos seus lugares. Eles se apresentarão em conjunto com os atores responsáveis pelas oficinas e com seus pais.
· Bonecos nas janelas – Ocorrerão pequenas apresentações nas janelas dos trens nas paradas de Belo Horizonte, Governador Valadares e Vitória.
· Intervenções no Embarque e Desembarque – Atores com bonecos irão fazer intervenções teatrais no embarque desembarque de passageiros nas estações de Belo Horizonte e Pedro Nolasco.
· Esquetes nos vagões – Apresentações que abordem o tema mineração, feitas por dois atores nos vagões de passageiros, durante toda a viagem.
· Demonstrações de Teatro – Apresentações fixas, abordando o tema mineração, antes das oficinas de teatro de bonecos, no último vagão.
· Pesquisa - Durante toda a ação, será feito um monitoramento, para avaliação das atividades pelo público presente.

8 de outubro de 2008

Vale inaugura unidade móvel para treinar maquinistas em todo o Brasil

A Vale inaugura nesta quarta-feira, dia 8, sua primeira unidade móvel de treinamento. O Valer Móvel é uma carreta adaptada pela Valer, área de educação da Vale, que vai percorrer cerca de 1.200 quilômetros por ano levando treinamentos a 500 maquinistas até dezembro de 2009. A inauguração será em Paulínia, (SP).
Com o Valer Móvel, o objetivo da Vale é que todos os maquinistas sejam treinados, aumentando ainda mais a segurança das operações ferroviárias. Os primeiros beneficiados serão 44 maquinistas da Ferrovia Centro Atlântica (FCA), controlada da Vale, baseados em São Paulo. A carreta está em Paulínia, onde os empregados passarão por uma reciclagem, reforçando conceitos e práticas de segurança, como frenagens de emergência, velocidades, além de mecânica elétrica e o Regulamento de Operações Ferroviárias. Em seguida a carreta vai para Uberaba. Até dezembro de 2009, o Vale Móvel passará por Araguari, Ibia, Divinópolis, Montes Claros, Brumado, Alagoinhas e Divinópolis.

A Valer tem uma meta agressiva de treinamentos com o Valer Móvel. Serão oito turmas por semana, totalizando 320 maquinistas por ano apenas no módulo de fundamentos da operação. Com a unidade móvel, a Vale aumenta sua capacidade de treinamentos, facilitando o acesso de todos os empregados aos cursos oferecidos pela Valer. "Além do fator motivacional das equipes treinadas, o Valer Móvel vai gerar maior disseminação do conhecimento e isso resultará em ganhos na segurança operacional, melhoria na condução de trens com eficiência energética, aumento da vida útil de componentes de locomotivas e vagões e maior integração", avalia Washington Ferreira, Gerente de Identidade da Valer.

Apesar de os primeiros beneficados serem os maquinistas e outros empregados ligados às operações ferroviárias, o Valer Móvel não proporcionará ganhos apenas para o setor de logística da Vale. A unidade móvel irá proporcionar economia de cerca de R$ 250 mil por ano, com a diminuição do tempo que os profissionais têm que ficar fora da escala de trabalho por causa dos treinamentos, bem como com a redução de custos com deslocamentos e hospedagens.

Equipamentos do Valer Móvel:


1. Dois simuladores de trem em tempo real
2. Quinze computadores
3. Sistema audio visual com projetores, som e DVD
4. Sistema de ar condicionado
5. Material didático: livros e apostilas

Sobre a Valer - Educação Vale

Criada em junho de 2003, a Valer é resultado de um reposicionamento da empresa, que gerou um novo modelo de governança corporativa e deu foco à necessidade de implementar ações de educação corporativa capazes de agregar valor ao negócio. Por meio da área de Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional, a Valer cria condições para atrair, desenvolver e reter talentos, dando suporte às estratégias da Vale. Nos últimos anos, a Valer investiu na infraestrutura de centros de formação profissional em Minas Gerais, Pará, Espírito Santo e Maranhão, além de convênios com instituições para formação profissional de nível técnico e superior. Os investimentos da Valer em treinamentos proporcionaram cerca de 118 horas de ações de desenvolvimento por empregado, quase o dobro do que é praticado pelo mercado, de acordo com a Pesquisa Brasileira de Gestão do Capital Humano.

Seu currículo de formação, que inclui cursos presenciais e on-line, workshops, congressos e seminários, e muitas outras ações de desenvolvimento, é elaborado com base nos mapeamentos de competências. Atualmente, o trabalho da Valer é orientado para os segmentos de Cidadania Corporativa, Educação Básica e Formação Profissional, Especialização Técnica e Gestão e Liderança. Toda essa cadeia de aprendizagem está alinhada aos novos conceitos da educação contemporânea: incentivo a uma assimilação crítica e dinâmica dos conhecimentos por meio de modernos métodos pedagógicos, recursos didáticos lúdicos e inovadores, e parcerias com centros de formação profissional e de pesquisas do Brasil e no exterior.