Visitantes do jornal Na Boca do Povo online

24 de outubro de 2008

ALCANÇANDO NOVOS RECORDES

A Vale continuou a apresentar excelente desempenho operacional e financeiro no terceiro trimestre de 2008 (3T08), refletido na obtenção de recordes na produção de minério de ferro, pelotas, níquel, bauxita, alumínio, alumina, cobalto e carvão térmico, embarques de minério de ferro e pelotas, cobre, alumina, cobalto e carvão térmico, receita bruta, lucro operacional e geração de caixa.

A combinação de solidez financeira, ativos de classe mundial e múltiplas opções de crescimento orgânico nos colocam em posição privilegiada para continuar a buscar a maximização da geração de valor para o acionista no longo prazo.
Não obstante nossa crença nos bons fundamentos de longo prazo dos mercados de minérios e metais, no curto prazo nos defrontamos com um cenário econômico global em que os riscos se elevaram de maneira significativa. Por outro lado, as condições prevalecentes nos mercados financeiros geram oportunidades para criação de valor, facilitando o aproveitamento de diversas oportunidades de crescimento rentável.

Diante dos riscos e oportunidades, a Vale mantém postura flexível, implementando sua estratégia de crescimento, porém administrando sua produção e a execução de projetos de acordo com um cuidadoso e contínuo monitoramento da evolução das condições de mercado.

Os principais destaques da nosso desempenho no 3T08 foram:

· Recorde de embarques de minério de ferro e pelotas: 85,9 milhões de toneladas métricas.

· Receita bruta recorde de US$ 12,1 bilhões, 49,2% acima do 3T07, de US$ 8,1 bilhões. A receita acumulada nos nove primeiros meses de 2008 (9M08) foi de US$ 31,1 bilhões contra US$ 24,7 bilhões no 9M07.

· Lucro operacional, medido pelo EBIT ajustado(a) (lucro antes de juros e impostos), recorde de US$ 5,5 bilhões, apresentando elevação de 61,4% em relação ao 3T07. No 9M08 o EBIT ajustado de US$ 13,7 bilhões aumentou 30,2% em relação ao 9M07.

· Margem EBIT ajustado de 47,2%, contra 43,4% no 3T07.

· Geração de caixa, medida pelo EBITDA ajustado(b) (lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortização), no 3T08 de US$ 6,4 bilhões, com incremento de US$ 2,4 bilhões em relação ao 3T07, de US$ 4,0 bilhões. No 9M08, o EBITDA ajustado chegou a US$ 16,3 bilhões contra US$ 12,2 bilhões no 9M07.

· Lucro líquido, de US$ 4,8 bilhões, correspondente a lucro por ação diluído de US$ 0,94, com aumento de 64,0% sobre o resultado recorde obtido no 3T07, de US$ 2,9 bilhões. No 9M08 o lucro líquido atingiu US$ 11,9 bilhões ante US$ 9,2 bilhões no 9M07.

· Sólida posição financeira, baseada em forte geração de caixa, recursos em caixa da ordem de US$ 15,2 bilhões, disponibilidade de volume significativo de linhas de crédito de médio e longo prazo e um perfil de dívida de baixo risco.

· Pagamento de remuneração ao acionista – dividendos e juros sobre o capital próprio - no valor de US$ 1,6 bilhão (R$ 3,448 bilhões) a partir de 31 de outubro de 2008. Remuneração ao acionista no valor total de US$ 2,85 bilhões (R$ 5,558 b · Pagamento de remuneração ao acionista – dividendos e juros sobre o capital próprio - no valor de US$ 1,6 bilhão (R$ 3,448 bilhões) a partir de 31 de outubro de 2008. Remuneração ao acionista no valor total de US$ 2,85 bilhões (R$ 5,558 bilhões) em 2008, com aumento de 52,0% relativamente aos US$ 1,875 bilhão pagos em 2007.

· Investimentos de US$ 2,7 bilhões no 3T08 e de US$ 6,7 bilhões nos primeiros nove meses de 2008. Seis projetos concluídos até agora neste ano: Zuhai, Samarco III, Fazendão, Dalian, Paragominas II e Alunorte 6&7.

· Em linha com nossos compromissos estratégicos, o investimento em responsabilidade social corporativa alcançou US$ 197 milhões no 3T08, sendo US$ 132 milhões em proteção ambiental e US$ 65 milhões em projetos sociais. Nos 9M08, esses investimentos somaram US$ 580 milhões, com US$ 404 milhões para meio ambiente e US$ 175 milhões em ações sociais.

Já estão disponíveis no nosso site ( www.vale.com.br) os resultados da Vale do 3T08:

Capa da edição do jornal Na Boca do Povo

23 de outubro de 2008

Acidente na BR381

Fotos:Douglas dos Santos


Na segunda-feira 20 de Outubro, por volta das 11:00h, aconteceu um acidente no quilômetro 376 da br381 na Mãe D´água em São Gonçalo do Rio Abaixo. O Fiat Stilo, placas MVH-9698, de Betim, entrou na contramão e atingiu de frente o Maréa, placa LNB-6093, de Betim. Ao todo, sete pessoas ficaram feridas.
No Maréa estavam seis passageiros: Gláucio Vagner Gomes, Edenei Matozinho Gomes, Wagner Júnior Gomes, Andreza Cristina Gomes e Maria Samara Soares dos Santos. os feridos foram levados para o Hospital Margarida, com ferimentos leves. Já o condutor do Stilo, Marcelino Magela de Assis, precisou ser transferido para Belo Horizonte, com suspeita de fratura no fêmur.

21 de outubro de 2008

Giramundo apresenta o espetáculo “Giz”, nesta quinta-feira, em São Gonçalo

Projeto Teatro Móvel traz peça que não é encenada há 18 anos pelo grupo
O Teatro Móvel Giramundo, projeto itinerante do grupo de teatro de bonecos em parceria com a Prefeitura e Vale, apresenta a peça “Giz”, em São Gonçalo do Rio Abaixo, nesta quinta-feira. O espetáculo, que não é encenado pelo grupo há 18 anos, mostra pequenas histórias isoladas de uma família, onde pessoas nascem, pessoas morrem, em um processo incessante, perturbador e frequentemente cômico. O roteiro, que não possui linearidade, liga as cenas pelas diferentes abordagens e conseqüências do abandono.
Os bonecos da peça são maiores do que os próprios manipuladores e apresentam traços exagerados como uma caricatura. O jogo de luzes é parte fundamental do espetáculo, uma vez que todo o cenário e personagens são brancos. A trilha sonora incidental, composta por ruídos e efeitos sonoros, foi criada pelo músico Eduardo Álvares, especialmente para a peça.
O projeto Teatro Móvel funciona dentro de um baú de caminhão que foi adaptado para levar os espetáculos do Giramundo a diversos locais.
O espetáculo “Giz” será apresentado às 20 horas, na Quadra de Esportes Januário Garcia, ao lado do Centro Cultural. A entrada é gratuita.

14 de outubro de 2008

Vale anuncia proposta de programa de recompra de ações

A Vale informa que os acionistas da Valepar S.A. (Valepar), acionista controladora da Vale, aprovaram hoje a proposta da Diretoria Executiva da Vale de criar um programa de recompra de ações de emissão da Vale pelo prazo máximo de 360 dias, envolvendo até 69.944.380 ações ordinárias e até 169.210.249 ações preferenciais, correspondentes respectivamente a 5,5% e 8,5% do número total de ações de cada classe em circulação (“free float”) com base na posição acionária de 30 de setembro de 2008.

Esta proposta será submetida para aprovação do Conselho de Administração da Vale em reunião a ser realizada no dia 16 de outubro de 2008. O programa de recompra de ações somente poderá ter início no dia 27 de outubro de 2008, ao término do período de vedação a negociações (“blackout period”), em observância ao que dispõem a Instrução CVM 358 e a Política de Negociação de Valores Mobiliários de emissão da Vale.

O programa obedece rigorosamente à legislação brasileira em vigor e a aquisição das ações será realizada em bolsa de valores a preços de mercado através das seguintes instituições financeiras:

· Bradesco S.A. CTVM – Avenida Ipiranga 282 – São Paulo (SP)
· Itaú CV – Av. Doutor Hugo Beolchi 900, 15º andar – São Paulo (SP)
· Agora-Senior CTVM S.A. – Praia de Botafogo 300, 6º andar – Rio de Janeiro (RJ)
· Fator S.A. CV – Rua Doutor Renato Paes de Barros 1.017 – 11º e 12º andares – São Paulo (SP)
· Credit Suisse Hedging-Griffo CV S.A. – Av. Presidente Juscelino Kubitschek 1.830, 6º e 7º andares – São Paulo (SP)
· Magliano S.A. CCVM – Rua Bela Cintra 986, 2º andar – São Paulo (SP)

O objetivo é a utilização do caixa, tendo em vista os múltiplos de mercado observados nas últimas semanas, maximizando valor para os acionistas.

São Gonçalo comemora o dia das crianças


O fim-de-semana não foi somente marcado pelas apresentações no Centro Cultural. As crianças são-gonçalenses também fizeram a festa nas comemorações realizadas pelo seu dia. No sábado a festa foi na Escola Integral, das 8 horas ao meio dia, com pula-pula, pintura facial, pipoca e algodão doce para as crianças da rede municipal de ensino.
Já na tarde do domingo, 12, a festa foi montada na Quadra Januário Garcia, no centro da cidade, onde a meninada pode brincar a vontade com os diversos brinquedos montados na quadra: touro mecânico, camas elásticas, piscina de bolinhas, balão pula-pula, palhaços malabares e pernas-de-pau.

Fim-de-semana com Teatro e Família Rodrigues no Centro Cultural


O Centro Cultural São Gonçalo do Rio Abaixo foi palco de duas apresentações do Roteiro das Artes, agenda cultural que leva atrações culturais e artísticas ao município. Na sexta-feira, as crianças lotaram o auditório do Centro Cultural na apresentação do espetáculo teatral Gaia. No sábado, 11, foi a vez do Grupo Musical Família Rodrigues apresentar seu vasto repertório musical.
A peça Gaia apresentou uma reflexão sobre a ocupação da Terra, propondo uma nova relação com nosso planeta e conseqüentemente com a vida. O espetáculo solo GAIA tem duração de 45 minutos e seu protagonista é o palhaço Sapiens, um gari, que após encontrar um globo terrestre (Gaia) jogado fora, apresenta sua versão da história da ocupação de nosso planeta.
Já a apresentação da Família Rodrigues atingiu um público diversificado com um repertório que abrange desde a música Barroca (Vivaldi, Bach) passando pelo clássico (Mozart, Beethoven), contemporâneo (Villa-Lobos, Piazzola), incluindo a música pop universal (Beatles, Led Zeppelin) e a música popular brasileira (Pixinguinha, Zequinha de Abreu, Tom Jobim e outros).

13 de outubro de 2008

Santa Bárbara recebe oficinas do Cultura em Rede da Fundação Vale

Santa Bárbara recebe no próximo dia 16 de outubro diversas oficinas culturais do Cultura em Rede, um programa da Fundação Vale em parceria com a Planeta Agência de Cultura.
Ao todo, serão 60 vagas divididas entre as oficinas de decoupage, objetos reciclados, confecção de máscaras e bonecos reciclados.
Com apoio da Prefeitura de Santa Bárbara, as oficinas, todas gratuitas e abertas à comunidade, serão realizadas na Casa da Cultura.
Programação
16/10 - Quinta-feira
09h às 12h Oficina de Decoupage com Flordísia Garcias (Fula) – da Associação dos Artesãos de Santa Bárbara
Número de Vagas: 15
Idade Mínima: 12 anos
Sinopse: Caixas de MDF, pintadas com tinta acrílica e decoupage com guardanapos decorativos
09h às 12h Oficina de Objetos Reciclados – Cia. Bollonomi
Número de vagas: 20
Idade Mínima: 12 anos
Sinopse: Visa sensibilizar os participantes para o meio ambiente através do entendimento dos três Rs fundamentais (reduzir, reutilizar e reciclar). Para isso, o lixo doméstico é o suporte para desenvolver novas formas e funções. A criatividade é a ferramenta usada na transformação de garrafas Pet, papel, papelão, caixas, latinhas e objetos em desuso.
14h às 17h Oficina de máscaras com Saulo da Cia. Virundangas
Número de vagas: 15
Idade Mínima: 12 anos
Sinopse: Esta oficina prevê uma breve introdução sobre o assunto, com foco nas máscaras da commedia dell'arte, além da construção de máscaras de papel com textura e expressividade, partindo do próprio rosto como modelo.
14h às 17h Oficina de bonecos reciclados ministrada por Catin Nardi da Cia. O Navegante
Número de vagas: 10
Idade Mínima: de 08 a 10 anos
Sinopse: Visa sensibilizar as crianças para a reutilização do lixo doméstico, tais como, copinhos de café, tampinhas de garrafas pet, latinhas, para a construção de bonecos.

9 de outubro de 2008

Atividades lúdicas animam o dia das crianças no trem de passageiros da EFVM

No dia 11 de outubro, sábado, o Dia das Crianças será comemorado no trem de passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), com atividades relacionadas ao teatro de bonecos, com foco na mineração, meio ambiente, segurança e cidadania.

O objetivo dessa ação é dialogar com o público infantil por meio de uma programação lúdica e educativa. Além de entreter as crianças e os demais passageiros, esse momento será utilizado para informá-los sobre como a mineração está presente no cotidiano das pessoas.

Durante todo o trajeto, apresentações para o público em geral e oficinas de confecção de bonecos para crianças acontecerão alternadamente, envolvendo todos os vagões do trem de passageiros. O trem como um todo será o palco dessas apresentações.

Atividades:
· Oficina de Teatro de Bonecos – nessa oficina, os participantes
Vão construir seus próprios bonecos e depois “desfilarão” pelo trem para mostrá-los aos demais passageiros, até retornarem aos seus lugares. Eles se apresentarão em conjunto com os atores responsáveis pelas oficinas e com seus pais.
· Bonecos nas janelas – Ocorrerão pequenas apresentações nas janelas dos trens nas paradas de Belo Horizonte, Governador Valadares e Vitória.
· Intervenções no Embarque e Desembarque – Atores com bonecos irão fazer intervenções teatrais no embarque desembarque de passageiros nas estações de Belo Horizonte e Pedro Nolasco.
· Esquetes nos vagões – Apresentações que abordem o tema mineração, feitas por dois atores nos vagões de passageiros, durante toda a viagem.
· Demonstrações de Teatro – Apresentações fixas, abordando o tema mineração, antes das oficinas de teatro de bonecos, no último vagão.
· Pesquisa - Durante toda a ação, será feito um monitoramento, para avaliação das atividades pelo público presente.

8 de outubro de 2008

Vale inaugura unidade móvel para treinar maquinistas em todo o Brasil

A Vale inaugura nesta quarta-feira, dia 8, sua primeira unidade móvel de treinamento. O Valer Móvel é uma carreta adaptada pela Valer, área de educação da Vale, que vai percorrer cerca de 1.200 quilômetros por ano levando treinamentos a 500 maquinistas até dezembro de 2009. A inauguração será em Paulínia, (SP).
Com o Valer Móvel, o objetivo da Vale é que todos os maquinistas sejam treinados, aumentando ainda mais a segurança das operações ferroviárias. Os primeiros beneficiados serão 44 maquinistas da Ferrovia Centro Atlântica (FCA), controlada da Vale, baseados em São Paulo. A carreta está em Paulínia, onde os empregados passarão por uma reciclagem, reforçando conceitos e práticas de segurança, como frenagens de emergência, velocidades, além de mecânica elétrica e o Regulamento de Operações Ferroviárias. Em seguida a carreta vai para Uberaba. Até dezembro de 2009, o Vale Móvel passará por Araguari, Ibia, Divinópolis, Montes Claros, Brumado, Alagoinhas e Divinópolis.

A Valer tem uma meta agressiva de treinamentos com o Valer Móvel. Serão oito turmas por semana, totalizando 320 maquinistas por ano apenas no módulo de fundamentos da operação. Com a unidade móvel, a Vale aumenta sua capacidade de treinamentos, facilitando o acesso de todos os empregados aos cursos oferecidos pela Valer. "Além do fator motivacional das equipes treinadas, o Valer Móvel vai gerar maior disseminação do conhecimento e isso resultará em ganhos na segurança operacional, melhoria na condução de trens com eficiência energética, aumento da vida útil de componentes de locomotivas e vagões e maior integração", avalia Washington Ferreira, Gerente de Identidade da Valer.

Apesar de os primeiros beneficados serem os maquinistas e outros empregados ligados às operações ferroviárias, o Valer Móvel não proporcionará ganhos apenas para o setor de logística da Vale. A unidade móvel irá proporcionar economia de cerca de R$ 250 mil por ano, com a diminuição do tempo que os profissionais têm que ficar fora da escala de trabalho por causa dos treinamentos, bem como com a redução de custos com deslocamentos e hospedagens.

Equipamentos do Valer Móvel:


1. Dois simuladores de trem em tempo real
2. Quinze computadores
3. Sistema audio visual com projetores, som e DVD
4. Sistema de ar condicionado
5. Material didático: livros e apostilas

Sobre a Valer - Educação Vale

Criada em junho de 2003, a Valer é resultado de um reposicionamento da empresa, que gerou um novo modelo de governança corporativa e deu foco à necessidade de implementar ações de educação corporativa capazes de agregar valor ao negócio. Por meio da área de Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional, a Valer cria condições para atrair, desenvolver e reter talentos, dando suporte às estratégias da Vale. Nos últimos anos, a Valer investiu na infraestrutura de centros de formação profissional em Minas Gerais, Pará, Espírito Santo e Maranhão, além de convênios com instituições para formação profissional de nível técnico e superior. Os investimentos da Valer em treinamentos proporcionaram cerca de 118 horas de ações de desenvolvimento por empregado, quase o dobro do que é praticado pelo mercado, de acordo com a Pesquisa Brasileira de Gestão do Capital Humano.

Seu currículo de formação, que inclui cursos presenciais e on-line, workshops, congressos e seminários, e muitas outras ações de desenvolvimento, é elaborado com base nos mapeamentos de competências. Atualmente, o trabalho da Valer é orientado para os segmentos de Cidadania Corporativa, Educação Básica e Formação Profissional, Especialização Técnica e Gestão e Liderança. Toda essa cadeia de aprendizagem está alinhada aos novos conceitos da educação contemporânea: incentivo a uma assimilação crítica e dinâmica dos conhecimentos por meio de modernos métodos pedagógicos, recursos didáticos lúdicos e inovadores, e parcerias com centros de formação profissional e de pesquisas do Brasil e no exterior.

Prezados amigos e amigas

A eleição acabou e não poderia deixar de agradecer ao povo são-gonçalense que permitiu a continuidade de nosso trabalho por mais um mandato. Eu sempre afirmei que nada vence o trabalho e o povo respondeu nas urnas que estavam satisfeitos e querem que São Gonçalo continue crescendo cada vez mais.
A nossa vitória é resultado de muito trabalho durante esses últimos quatro anos e me deu ainda mais ânimo para continuar trabalhando para quem mais precisa e por nossa cidade, na qual eu nasci e amo de verdade. E isso ninguém consegue mudar.
Vou continuar trabalhando em prol do desenvolvimento de nossa cidade com honestidade, seriedade e profissionalismo, características sempre presentes em nosso governo.
Reafirmo o meu profundo agradecimento pelos 4.351 votos que selaram a nossa vitória na mais limpa campanha eleitoral de São Gonçalo do Rio Abaixo!

Raimundo Nonato Barcelos (Nozinho)

5 de outubro de 2008

Nozinho reeleito prefeito de São Gonçalo


Nozinho - PDT 4.351 votos válidos
Buzica - PSDB 2.106 votos válidos
Dominguinho - PSL 70 votos válidos

Novos vereadores na câmara de São Gonçalo.

Paulinho - PT 325
Marlon Túlio Pessoa Costa - PPS 318
Ailton - PR 302
Ie - PT 293
Nilton - PDT 288
Marcinho Bicalho - PDT 266
Ernane - PMDB 244
Brenão - PDT 201
Toninho de Renato - PTB 171

4 de outubro de 2008

Salário abusivo- Buzica derrubou aumento para agentes políticos

A Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo reprovou na última quinta-feira, 02, o reajuste salarial para vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais para o quadriênio 2009/2012.

Diante dos cálculos apresentados pelos projetos, o prefeito para o próximo quadriênio receberia R$13.000,00, o vice-prefeito, secretários municipais e os vereadores receberiam R$4.500,00.

Tudo indicava que o projeto seria aprovado, pois a oposição só contava com 03 votos, mas o líder do governo, Sebastião Amaro de Souza, contrários ao grupo a que pertence, equilibrou a balança e passou a decisão para o presidente da Câmara Luzimar da Fonseca (Buzica), que vetou o projeto.

Foram contra ao reajuste os vereadores Cacílio Domingos dos Santos, José Afonso Bicalho Araújo, Gladston Marcelo de Castro, Sebastião Amaro de Souza e Luzimar da Fonseca. Segundo informaram, os mesmos foram contrários porque não acham justo esse aumento: "não podemos ter um aumento nesse percentual enquanto o povo ganha um mínimo que é uma vergonha".

Fonte: Jornal Bom Dia

2 de outubro de 2008

Eleições 2008

O jornal Na Boca do Povo, chega ao fim de uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo. Três candidatos concorrem a vaga de prefeito. Nosso primeiro entrevistado foi o candidato pelo PSL, Domingos Antônio Ribeiro, o popular Dominguinhos, na seqüência o Candidato a reeleição Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho, PDT. Para encerrar, nesta edição o entrevistado é o candidato pelo PSDB, Luzimar da Fonseca, o Buzica. Confira:
NBDP:Fale um pouco sobre você e seu ingresso na política?
B: Me chamo Luzimar da Fonseca, “Buzica”, nasci em São Gonçalo do Rio Abaixo, sou dos onze filho do ex-prefeito, Luiz da Fonseca (Fonsecão) e Maria Rosvita da Fonseca (D. Zita). Estudei na Escola Estadual Desembargador Moreira dos Santos, sou casado com Jaqueline Lenoir da Fonseca, com quem tenho três filhos. O apelido de Buzica foi uma brincadeira do Zé Capote, filho do senhor Guaraína. Ingressei na política porque gosto de ajudar e trabalhar para a dignidade das pessoas.

NBDP: Como todos sabem você era aliado do atual prefeito. O que o levou a desfazer está aliança e lançar candidatura própria?
B:Lancei-me como candidato a prefeito da minha cidade a pedido das pessoas que estavam descontentes com a atual administração e me convidaram pra fazermos uma oposição séri e compromissada com os anseios do nosso povo. Este foi o ponto de partida.

NBDP:Você trabalhou com seu pai, Fonsecão, durante a administração dele. Como era administrar São Gonçalo naquela época?
B: Era muito fácil, pois administrávamos junto com o povo. Como nosso orçamento era muito pequeno, buscávamos a participação do povo e atendíamos às suas necessidades.

NBDP: São Gonçalo vive hoje uma realidade diferente de anos atrás, você acha que os recursos arrecadados em virtude da presença da VALE no município, estão sendo bem aplicados?
B: Não, pois todas as obras realizadas até então não atenderam ao social e as existentes não foram valorizadas, pois não trazem a parceria da Vale.

NBDP: Quais são seus planos e metas para administrar São Gonçalo?
B: O nosso programa de Governo foi elaborado de acordo com as necessidades de diversos setores da sociedade. Não é ainda uma proposta definitiva. Busca interpretar a consultas feitas à população e, portanto são as aspirações mais urgentes do povo São-gonçalense. Dentro desse ideal, com o objetivo de servir à comunidade, colocamos nossa experiência para unirmos forças em prol do crescimento do nosso município. As propostas não limitam as ações da nossa gestão, elas poderão ser melhoradas, ampliadas, reorganizadas conforme as intenções do povo que sem dúvida é o maior conhecedor de suas necessidades. Esperamos atingir os objetivos da população sem fechar em nossas propostas e sim as unindo com inovação diárias introduzidas pela participação da população.
O exercício do poder exige sacrifícios, valentia moral e ética, capacidade de decisão, de enfrentar e superar conflitos. Imaginem a responsabilidade que é administrar um município como São Gonçalo, com suas questões sociais, seus problemas econômicos e suas diferenças regionais. É assim que eu e Zé Fernando queremos para nossa cidade. Nosso governo será do povo, pelo povo e para o povo!

NBDP: Uma questão que tem sido muito debatida no município é a presença de pessoas de fora na atual administração, ocupando melhores cargos e com os melhores salários. Dizem que isso acontece, porque em São Gonçalo não tem gente competente? Você concorda com isso?
B: Não. Nosso povo precisa ser valorizado e respeitado. Sei que somos competentes e que sabemos o que queremos. Acredito muito no trabalho e na competência do cidadão São-gonçalense.

NBDP: Como você avalia a saúde e educação em São Gonçalo?
B: Sei o quanto o meu povo tem sofrido com o descaso à saúde em São Gonçalo, os procedimentos médicos mais simples, não são realizados em São Gonçalo, temos que procurar outras cidades, causando sofrimento e humilhação. Por isso nossa primeira obra será construir um hospital e equipá-lo, contratar profissionais médicos em várias especialidades para atender chamadas de emergências, com uma equipe de profissionais especializada em primeiros socorros e transportar com mais segurança os pacientes e cuidar da saúde dos moradores da zona rural.

NBDP: Você diz que o servidor público vive hoje uma situação pior do que quando a cidade não tinha recursos, porquê?
B: Porque a maioria recebe um salário mínimo e uma cesta básica que é uma vergonha, não tem nenhuma assistência à saúde. É por isso que no nosso governo vamos valorizar todos os servidores municipais, sem discriminar ou perseguir ninguém. Criando um piso salarial aos servidores municipais acima do salário mínimo, compatível com as receitas de São Gonçalo; Elaborar e discutir com os servidores municipais um plano de cargos, carreiras e salários; Criar um fundo que vai complementar a aposentadoria dos servidores municipais; Criar um plano de saúde para os servidores municipais; Substituir a cesta básica por um valor em dinheiro para que o servidor possa fazer sua própria compra, valorizando e respeitando os servidores municipais.

NBDP: O eu te levou a escolher Zé Fernando como seu vice?
B: Esse fato aconteceu devido a traiçoeira liderança do PRB (10) Partido Republicano Brasileiro (que já estava em acordo há mais de um ano com o PSDB (Partido Social da Democracia Brasileira) cuja chapa seria Buzica e Eunice. Convidamos o Zé Fernando e o mesmo aceitou e foi uma parceria que também deu certo, pois os nossos ideais para São Gonçalo são os mesmos. Considero uma pessoa de sorte, pois tenho um vice na chapa, Zé Fernando, uma vice de “honra”, Eunice.

NBDP: Qual mensagem você deixa para os cidadãos são-gonçalenses, que irão as urnas no dia 05 de outubro.
B: Povo de São Gonçalo, conto com o apoio e o voto de confiança de todos vocês para juntos chegarmos à Prefeitura e fazermos um governo transparente, participativo e o principal: Com o nosso povo e para o nosso povo. Não se esqueçam. Sou de São Gonçalo e gente inteligente, vota em quem é da gente! Obrigado

Desrespeito às leis de trânsito vai custar mais caro aos infratores

O desrespeito às leis de trânsito vai custar ainda mais caro aos infratores. O valor das multas pode sofrer um aumento de até 88% e a punição para quem dirigir acima da velocidade permitida na via também pode ser mais rígida: além de perder a carteira, o motorista deve ser obrigado a pagar até R$ 1.625. As novas regras fazem parte de uma proposta de revisão do Código de Trânsito Brasileiro, encaminhada, esta semana, pelo Ministério das Cidades à Casa Civil. Inicialmente, são nove mudanças que vão desde o reajuste do valor das infrações à proibição da circulação de motos entre as filas de carros. O projeto agora será avaliado pela área jurídica da Presidência da República, antes de ser encaminhado ao Congresso Nacional na forma de projeto de lei.
Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), as multas pesarão entre 70% e 88% a mais no bolso dos motoristas que não respeitarem a legislação. As infrações leves, como estacionar entre 50cm e 1m do meio-fio ou ligar farol alto em vias com iluminação pública, passam de R$ 53,20 para R$ 90. Já as gravíssimas – por exemplo, dirigir sem documento de habilitação ou transitar sobre passeio ou passarela – saltam de R$ 191,54 para R$ 325. Os valores foram calculados com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desde fevereiro de 2002, época do último reajuste. As novas regras também prevêem o fim do parcelamento das multas.
Outro foco da proposta é aumentar a pena a quem abusa da velocidade. Hoje, o código determina o tipo de infração de acordo com a porcentagem de excesso. Já o novo projeto fixa os parâmetros de quilometragem, ou seja, dirigir acima de 30km/h da velocidade máxima permitida naquele local será considerado infração gravíssima e o valor da multa será multiplicado por três, chegando a R$ 975. Os mais imprudentes, que trafegarem acima de 50km/h da máxima autorizada, terão a autuação multiplicada por cinco (R$ 1.625) e o motorista terá o documento de habilitação apreendido.
A nova legislação também fecha o cerco ao desrespeito entre os candidatos à carteira de habilitação. A proposta é que seja ampliado, de um para dois anos, o período em que os condutores não podem registrar nenhuma infração considerada grave ou gravíssima. A regra valeria para aqueles que têm apenas permissão para dirigir e tentam obter a habilitação permanente. O texto também pretende acabar com a transferência de multas para laranjas. Para isso, será criado um banco de dados dos motoristas que têm carteira, mas não têm carro. A partir do cruzamento dessas informações, o Denatran vai conseguir identificar as pessoas que escapam da suspensão da habilitação pelo excesso de pontos. ?
E os motociclistas também vão ter de andar na linha. Se aprovado, o novo código vai proibir as motos de transitarem entre as filas de carros. Trocando em miúdos, os adeptos da famosa prática de costurar no trânsito serão autuados por cometer infração. O projeto também determina que só crianças com mais de 10 anos podem ser transportadas na garupa das motos. Hoje, a legislação impõe restrições aos menores de 7 anos. Outra mudança para os veículos de duas rodas é que eles deverão ter uma segunda placa. Segundo o Denatran, se a proposta for aprovada, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) terá que detalhar as especificações do equipamento, como tamanho e local a ser instalado. A medida visa facilitar flagrantes de excesso de velocidade em radares fotográficos e também o registro de infrações por agentes de trânsito.
Durante entrevista para a apresentação da proposta de revisão ao Código de Trânsito Brasileiro, o ministro das Cidades, Márcio Fortes, enfatizou que o objetivo é inibir as infrações, pois, segundo ele, qualquer falha na legislação repercute num acidente e numa vida perdida. Além dos tópicos previstos no texto encaminhado à Casa Civil, o ministro afirmou que o controle de velocidade em vias públicas e estradas do país deixará de ser feito apenas em pontos isolados, pelos conhecidos pardais. A previsão é de que sejam instaladas antenas para medir a velocidade média dos veículos ao longo da via. (Jornal Estado de Minas)

Auxiliar de produção é preso por tentar subornar Policial Militar


Na noite do dia 18 de setembro, o auxiliar de produção, José Sebastião da Silva, 21 anos, da cidade de Rio Claro/SP, foi preso após tentar subornar um Policial Militar.
A polícia foi acionada pela Sra. Valdirene, funcionária do Posto Primavera, após o veículo VW/Golf, placa CEY 7954, cor branca, transitar pela área do Posto várias horas e perguntar sobre o horário que o posto fechava. Pensado ser algum assaltante a funcionária solicitou a presença da polícia. Durante deslocamento a Polícia Militar deparou com o veículo saindo da BR 381, entrando sentido centro da cidade, retornando, conseguiu fazer a abordagem do suspeito no bairro Baixada. O condutor José Sebastião da Silva era inabilitado. Momentos depois chegou a namorada do Sr. José, a senhora Célia Salvatina de Camargo, e quando a polícia já ia liberar o veículo, o senhor José ofereceu R$50,00 ao Soldado Nascimento, para que ele liberasse o veículo. O Sr. José foi preso em flagrante por corrupção ativa, e o veículo e a nota de R$50,00 foram apreendidos. B.O nº 3034/2008.

Transporte irregular de lenha

No início da última semana semana, durante patrulhamento ambiental realizado na região de São Gonçalo do Rio Abaixo, ao passarem nas proximidades da Fazenda Brejauba, militares do 2º Grupamento da Polícia Militar Ambiental de Barão de Cocais, depararam com os autores, Ademir Edimar Patrício, 31, e Luceli Raimundo Patrício, 36, transportando 23 m³ de lenha nativa, utilizando o veículo M.Benz, placa GMM-5415 e o GM Chevrolet, placa GKL-8288, sem a devida prova de origem.
Foi constatado ainda que Ademir não possuía Carteira Nacional de Habilitação. Diante do exposto, foi dada voz de prisão aos autores, que foram levados para a Delegacia de Polícia, juntamente com os veículos e a lenha apreendida.

Pesquisa DataFato sobre investigação

Suspeita de fraudeA Justiça Eleitoral determinou a abertura de inquérito policial contra o Instituto DataFato Ltda, por suspeita de fraude em pesquisa realizada em São Gonçalo. A sentença foi emitida no dia 22 de setembro,pela Juíza Eleitoral da Comarca de Santa Bárbara, Myrna Fabiana Monteiro Souto, que aceitou a denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) da mesma comarca.
No dia 19 de setembro, o MPE havia entrado na Justiça Eleitoral com a denúncia solicitando a instauração de inquérito. De acordo com a acusação do promotor Bruno Guerra de Oliveira, a pesquisa apresenta várias irregularidades. Entre elas, a mais grave é a discrepância entre o número de entrevistados registrados pela pesquisa, e o número de questionários preenchidos. O Instituto informou que foram ouvidos 300 eleitores. Mais tarde o Instituto teria alterado a informação alegando que foram 305 entrevistados. No entanto, ao juntar as fichas, contabiliza-se 317 entrevistas.
Durante o fim de semana, após analisar os documentos, a Justiça julgou procedente os pedidos do promotor. A juíza Myrna Souto, não só solicitou a instauração de inquérito policial, como também a interrupção de qualquer forma de divulgação dos dados da pesquisa no município são-gonçalense. "Cumpre salientar que aqui estão sendo apontadas apenas irregularidades, não se podendo, por ora, afirmar a ocorrência de fraude na pesquisa eleitoral, o que deve ser mais bem analisado em Inquérito Policial próprio." dispara.
A Justiça ainda determinou que o Instituto promova nova pesquisa com a correção das irregularidades. A juíza aponta dúvidas em relação à checagem dos dados coletados pelos pesquisadores, coleta de dados por pesquisador não identificado e indefinição no número de pessoas entrevistadas. Diante disso, Myrna Souto solicita que além de realizar uma pesquisa com as irregularidades corrigidas, a mesma deve ser veiculada no mesmo espaço, local, horário, página, caracteres e outros elementos em destaque em que a primeira pesquisa foi divulgada.

Polícia Militar realiza atividades em comemoração a "Semana Nacional do Trânsito"

A Polícia Militar de São Gonçalo, realizou no período de 18 a 25 de setembro/08, várias atividades face a Semana Nacional do Trânsito, que teve como tema principal “ A criança no Trânsito”. O Tenente Valbert, Comandante do Pelotão da PM em São Gonçalo, procurou focar a segurança principalmente com os estudantes, que utilizam transporte escolar. Dentre as atividades destacaram-se as seguintes:
PALESTRAS: 06 (SÃO GONÇALO)
LOCAIS PALESTRAS: ESCOLAS ÁREA URBANA
BLITZ EDUCATIVA : 10 (SÃO GONÇALO )

OUTRAS ATIVIDADES

- Construção transitolândia para alunos da Escola de Tempo Integral;
- Palestra específica para motoristas da Seção de Transporte da Prefeitura Municipal de São Gonçalo, com ênfase no transporte escolar, Lei seca, uso de cinto de segurança, atenção embarque e desembarque de alunos, atenção travessia de pedestre, principalmente crianças;
O 2º Sargento Oscar, responsável pelas palestras procurou de forma clara, passar para as crianças importância da segurança no trânsito.

? INTERROGAÇÃO PARA O FUTURO

Em esclarecimento ao Senhor Ricardo Guerra, assessor do Prefeito, que me comparou a um asneiro, animal procedente de cruzamento de cavalo com burra (errado, tanto a expressão quanto cruzamento), conto a minha história.

Sou cidadão e tenho história:
A ligação entre São Gonçalo do Rio Abaixo e Itabira é muito antiga e inegável. Antigamente eram apenas os caminhos de terra que ligavam as duas Vilas. Foi um desses caminhos que inspirou o Carlos Drummond de Andrade a escrever um poema que cita a venda de Augusto Pessoa, meu avô materno. Augusto Pessoa não era um comerciante desonesto, visto que hoje a principal rua da cidade recebe o seu nome. E assim, digo o mesmo de Desembargador Moreira dos Santos, meu avô paterno, que tem seu nome na Escola Estadual; falo de Dr. Hélvio, meu tio, que foi prefeito e deputado estadual e que dá nome ao Posto de Saúde do Una. Célio Moreira dos Santos, meu pai, há pouco tempo foi agraciado emprestando seu nome ao Estádio de Futebol, que é um importante local de lazer. Falo também de outros parentes que foram e são bons para São Gonçalo do Rio Abaixo, como Maria de Lourdes, minha prima, homenageada na Escola Integral, meu tio Élio que, no tempo em que São Gonçalo pertencia a Santa Bárbara, foi prefeito por 16 anos e depois procurador da República no Distrito Federal. Tia Ritinha, irmã do meu pai, é a mãe de Desembargador José Carlos Moreira Diniz, e com ele finalizo os meus familiares que com trabalho honesto, acrescentaram algo à minha terra. Já falavam os mais velhos “antes de você conhecer uma história, procure conhecer a história do contador de histórias”.
Como são-gonçalense nascido e criado aqui, desde a época que pertencíamos a Santa Bárbara, não pretendo ser contra ninguém que venha para nossa terra para somar e contribuir. Eu questiono quem chega para se aproveitar da situação econômica atual favorável da cidade. É por isso, que de agora em diante, vou fazer meu dever de cidadão e fiscalizar a administração pública através de uma Coligação apartidária.
Com isso, quero deixar claro que não compactuo com pessoas que usam a máquina pública para seu próprio benefício. Ficarei atento nos próximos anos.

Prefeito vizinho:
Os cidadãos de Nova Lima (cidade que teve na sua formação a participação de ingleses) não iriam admitir que o seu Prefeito morasse na capital, mesmo que ele fosse um ótimo prefeito! Tenho certeza também que as pessoas de Barão de Cocais não reelegeriam o seu prefeito se o mesmo tivesse morando, por exemplo, em Santa Bárbara. Pensando assim, acho justo que o atual prefeito de São Gonçalo e parte de seus secretários e auxiliares deixem o carro da prefeitura no município, para uso da população necessitada e que o ir e vir para a cidade em que residem seja feito em carro próprio, com combustível próprio e emplacados em São Gonçalo, cidade que governa! Acho justo também, que pelo menos parte das compras para abastecer sua casa seja feita nos supermercados locais. Com isso, impostos como o IPVA e o ICMS ficariam por aqui, e não em cidades vizinhas. Como proposta de governo, o prefeito bem que poderia “devolver” o dinheiro público gasto diariamente nas viagens ( São Gonçalo- Itabira) durante os 4 anos, para a APAE, que agradeceria muito e está necessitando.

Orçamento participativo:
Cidades que possuem o Orçamento Participativo implantado, como Ipatinga, por exemplo, permitem que as pessoas votem e escolham quais são as prioridades que a cidade precisa. Não é só o Prefeito que escolhe o local onde as “obras” acontecerão. É a comunidade quem vota e pede o quê realmente precisa. Se tivesse um Orçamento Participativo em funcionamento por aqui, com certeza um bom Hospital seria uma obra prioritária. Acredito que o asfaltamento pra Itabira ficaria pra depois, bem depois! Uma cidade como a nossa, com tamanha arrecadação precisaria de instituir urgentemente o Orçamento Participativo.

Reeleição:
Quem está no poder leva uma grande vantagem sobre aquele que não detém o mandato e é por isso que não acredito na reeleição. Acredito na alternância do poder público, principalmente em cidades de pequeno porte, como a nossa. Sabemos que quanto menor é a cidade, maior é o poder do prefeito. Em cidades pequenas, denúncias de corrupção e má gestão não bastam para estragar o projeto de reeleição. Acredito que quanto mais mobilidade houver no poder, melhor será para todos nós.
A questão agora é assegurarmos que a próxima administração municipal será transparente e a Lei de Responsabilidade Fiscal, será um referencial para nós cidadãos acompanharmos os procedimentos dos administradores públicos. Precisamos mudar! E isso só depende de nós.

Irnério Augusto Moreira dos Santos

Buzica recebe visita do ex-ministro da saúde Saraiva Felipe


O candidato a prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Luzimar da Fonseca, o Buzica (PSDB), recebeu na sexta-feira,26 de setembro, a visita do Deputado Federal Saraiva Felipe(PMDB), ex-ministro da saúde.
Saraiva que passava pela BR 381 e resolveu parar para um encontro informal com o candidato pela coligação Unida por São Gonçalo, para reforçar seu apoio ao candidato Buzica, e deixar uma mensagem reforçando o seu comprometimento com São Gonçalo.
Buzica que é o candidato do Governador Aécio Neves(PSDB), vem conquistando o apoio de autoridades importantes nesta reta final da campanha, além de Saraiva, ele conta ainda com o apoio do Deputado Estadual Ronaldo Magalhães(PSDB), Deputado Estadual Agostinho Patrús Filho(PV) e do atual prefeito de Mariana Celso Cota(PMDB), além de vários simpatizantes como, o atual Presidente da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, o Deputado Alberto Pinto Coelho(PP), Deputado Estadual Mauri Torres(PSDB), o atual prefeito de João Monlevade Carlos Moreira(PTB), o atual prefeito de Rio Piracicaba Antônio Cota, o atual prefeito de Barão de Cocais Geraldo Abade, o presidente da Câmara Municipal de Barão de Cocais Sebastião Eustáquio dos Santos(PTB), dentre outros.